Lista de Localidade(s)
Código Nome Definição Período Último Ano
1 População Censitária - Total Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
2 População Censitária - Urbana População residente na área urbana, na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). (Área urbana é constituída pela área interna ao perímetro urbano de uma cidade ou vila, definida por lei municipal. Para as cidades ou vilas onde não existe legislação que regulamente essas áreas, deve-se estabelecer um perímetro urbano para fins da coleta censitária, cujos limites devem ser aprovados pelo prefeito local). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
3 População Censitária - Rural População residente na área rural, na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). (Área rural é constituída pela área externa ao perímetro urbano). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
4 População Censitária - Masculina População residente do sexo masculino, segundo o censo demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
5 População Censitária - Feminina População residente do sexo feminino, segundo o censo demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
6 População Censitária - Urbana Masculina População residente na área urbana, do sexo masculino. (Área urbana é constituída pela área interna ao perímetro urbano de uma cidade ou vila, definida por lei municipal. Para as cidades ou vilas onde não existe legislação que regulamente essas áreas, deve-se estabelecer um perímetro urbano para fins da coleta). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
7 População Censitária - Urbana Feminina População residente na área urbana, do sexo feminino. (Área urbana é constituída pela área interna ao perímetro urbano de uma cidade ou vila, definida por lei municipal. Para as cidades ou vilas onde não existe legislação que regulamente essas áreas, deve-se estabelecer um perímetro urbano para fins da coleta). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
8 População Censitária - Rural Masculina População residente na área rural, do sexo masculino. (Área rural é constituída pela área externa ao perímetro urbano). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
9 População Censitária - Rural Feminina População residente na área rural, do sexo feminino. (Área rural é constituída pela área externa ao perímetro urbano). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
10 População Contagem - Total Contagem da população residente. 1996/2007 2007
11 População Contagem - Masculina Contagem da população residente do sexo masculino. 1996/2007 2007
12 População Contagem - Feminina Contagem da população residente do sexo feminino. 1996/2007 2007
13 População Contagem - Urbana Contagem da população residente na área urbana. (Área urbana é constituída pela área interna ao perímetro urbano de uma cidade ou vila, definida por lei municipal. Para as cidades ou vilas onde não existe legislação que regulamente essas áreas, deve-se estabelecer um perímetro urbano para fins da coleta). 1996/2007 2007
14 População Contagem - Rural Contagem da população residente na área rural. (Área rural é constituída pela área externa ao perímetro urbano). 1996/2007 2007
15 População Estimada - Total A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 1992-1995/1997-1999/2001-2006/2008-2009/2011-2019 2019
16 Autoridade Eleita É o candidato eleito para a chefia do Poder Executivo, a partir do momento em que tenha sido diplomado, na forma da legislação eleitoral. 2005/2009/2013/2017-2019 2019
17 Área Territorial Extensão geográfica do município. 2002/2012-2016/2018-2019 2019
18 Distância da Sede Municipal à Capital É a distância medida a partir do referencial estabelecido na Capital, BR 153 Km 500 (Viadduto da Av. Anhanguera), até o acesso à sede do município. 2009 2009
20 Distritos - Nome São os nomes dos distritos pertencentes aos municípios. Têm sua criação norteadas pelas Leis Orgânicas dos Municípios. 2009 2009
21 Origem do Município - Desmembramento Corresponde ao(s) município(s) que deu(ram) origem ao referido município, pelo desmembramento da área territórial definida por lei, decreto ou decreto-lei. 2009 2009
22 Lei de Criação (Número e data) Data em que o município foi instalado, independe da data de criação do mesmo, que é através de decreto, lei ou decreto-lei. 2009 2009
23 Feriado Municipal É a data de feriado do município. 2009 2009
24 Posição Geográfica - Altitude é a elevação vertical de um ponto qualquer da superfície terrestre em relação ao nível zero ou nível dos oceanos. 2009/2014 2014
25 Posição Geográfica - Latitude descreve a localização de um lugar na Terra medida em graus, de zero a 90 para norte ou para sul, a partir do Equador. 2009/2014 2014
26 Posição Geográfica - Longitude descreve a localização de um lugar na Terra medida em graus, de zero a 180 para leste ou para oeste, a partir do Meridiano de Greenwich. 2009/2014 2014
27 Utilização de Terras em Lavouras Permanentes - Estabelecimentos Número de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em lavouras permanentes. 2006 2006
28 Utilização de Terras em Matas Naturais- Estabelecimentos Número de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em matas e/ou florestas naturais destinadas à preservação permanente ou reserva legal, matas e/ou florestas naturais (exclusive área de preservação permanente e as em sistemas agroflorestais) e área cultivada com espécies florestais também usada para lavouras e pastejo de animais. 2006 2006
29 Utilização de Terras em Pastagens Naturais - Estabelecimentos Número de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em pastagens naturais. 2006 2006
30 Utilização de Terras em Lavouras Permanentes - Área Área dos estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em lavouras, como as lavouras permanentes. 2006 2006
31 Utilização de Terras em Matas Naturais - Área Área de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em matas e/ou florestas naturais destinadas à preservação permanente ou reserva legal,matas e/ou florestas naturais (exclusive área de preservação permanente e as em sistemas agroflorestais) e área cultivada com espécies florestais também usada para lavouras e pastejo de animais. 2006 2006
32 Utilização de Terras em Pastagens Naturais - Área Área dos estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em pastagens naturais. 2006 2006
33 Efetivo de Aves Levantamento do efetivo de aves, composto pela soma de galinhas, galos, frangos, frangas, pintos e codornas, na data de referência da pesquisa. 1998-2018 2018
34 Efetivo do Rebanho Bovinos Levantamento do efetivo do rebanho de bovinos, na data de referência da pesquisa. 1998-2018 2018
35 Efetivo do Rebanho de Suínos Levantamento do efetivo do rebanho de suínos, na data de referência da pesquisa. 1998-2018 2018
36 Efetivo do Rebanho de Vacas Ordenhadas Levantamento do efetivo do rebanho de vacas ordenhadas, na data de referência da pesquisa. 1998-2018 2018
37 Produção Agrícola - Abacate - Área Colhida 2000-2018 2018
38 Produção Agrícola - Abacate - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de abacate no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
39 Produção Agrícola - Abacaxi - Área Colhida É a parcela da área plantada de abacaxi que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
40 Produção Agrícola - Abacaxi - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de abacaxi no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
41 Produção Agrícola - Abóbora - Área Colhida É a parcela da área plantada de abacaxi que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
42 Produção Agrícola - Abóbora - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de abóbora no ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
43 Produção Agrícola - Açafrão - Área Colhida É a parcela da área plantada de açafrão que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2017 2017
44 Produção Agrícola - Açafrão - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de açafrão no ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2017 2017
45 Produção Agrícola - Acerola - Área Colhida É a parcela da área plantada de acerola que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
46 Produção Agrícola - Acerola - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de acerola no ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
47 Produção Agrícola - Algodão Herbáceo Total - Área Colhida É a parcela da área plantada de algodão herbáceo que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
48 Produção Agrícola - Algodão Herbáceo Total - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de algodão herbáceo no ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
49 Produção Agrícola - Algodão Herbáceo (irrigado) - Área Colhida É a parcela da área plantada de algodão herbáceo (irrigado) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2017 2017
50 Produção Agrícola - Algodão Herbáceo (irrigado) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de algodão herbáceo (irrigado) no ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2017 2017
51 Produção Agrícola - Algodão Herbáceo (Sequeiro) - Área Colhida É a parcela da área plantada de algodão herbáceo (sequeiro) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2017 2017
52 Produção Agrícola - Algodão Herbáceo (Sequeiro) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de algodão herbáceo (sequeiro) no ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2017 2017
53 Produção Agrícola - Alho - Área Colhida É a parcela da área plantada de alho que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
54 Produção Agrícola - Alho - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de alho no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
55 Produção Agrícola - Amendoim - Área Colhida É a parcela da área plantada de amendoim que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
56 Produção Agrícola - Amendoim - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de amendoim no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
57 Produção Agrícola - Arroz (Total) - Área Colhida É a parcela da área plantada de arroz (total) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
58 Produção Agrícola - Arroz (Total) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de arroz (total) no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
59 Produção Agrícola - Arroz (irrigado) - Área Colhida É a parcela da área plantada de arroz (irrigado) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
60 Produção Agrícola - Arroz (irrigado) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de arroz (irrigado) no ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
61 Produção Agrícola - Arroz (sequeiro) - Área Colhida É a parcela da área plantada de arroz (sequeiro) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
62 Produção Agrícola - Arroz (sequeiro) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de arroz (sequeiro) no ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
63 Produção Agrícola - Banana - Área Colhida É a parcela da área plantada de Banana que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
64 Produção Agrícola - Banana - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Banana no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
65 Produção Agrícola - Batata doce - Área Colhida É a parcela da área plantada de Batata doce que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2010/2013-2018 2018
66 Produção Agrícola - Batata doce - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Batata doce no ano-base do levantamento. 2000-2010/2013-2018 2018
67 Produção Agrícola - Batata inglesa - Área Colhida É a parcela da área plantada de Batata inglesa que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
68 Produção Agrícola - Batata inglesa - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Batata inglesa no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
69 Produção Agrícola - Borracha (coagulada) - Área Colhida É a parcela da área plantada de Borracha (coagulada) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
70 Produção Agrícola - Borracha (coagulada) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Borracha (coagulada) no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
71 Produção Agrícola - Café - Área Colhida É a parcela da área plantada de Café que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
72 Produção Agrícola - Café - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Café no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
73 Produção Agrícola - Cana-de-açúcar - Área Colhida É a parcela da área plantada de Cana-de-açúcar que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
74 Produção Agrícola - Cana-de-açúcar - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Cana-de-açúcar no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
75 Produção Agrícola - Cebola - Área Colhida É a parcela da área plantada de Cebola que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
76 Produção Agrícola - Cebola - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Cebola no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
77 Produção Agrícola - Cevada - Área Colhida É a parcela da área plantada de Cevada que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2018 2018
78 Produção Agrícola - Cevada - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Cevada no ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2018 2018
79 Produção Agrícola - Coco-da-baía (água) - Área Colhida É a parcela da área plantada de Côco-da-baía que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
80 Produção Agrícola - Coco-da-baía (água) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Côco-da-baía no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
81 Produção Agrícola - Ervilha - Área Colhida É a parcela da área plantada de Ervilha que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
82 Produção Agrícola - Ervilha - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Ervilha no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
83 Produção Agrícola - Feijão (Total) - Área Colhida É a parcela da área plantada de Feijão (total) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
84 Produção Agrícola - Feijão (Total) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Feijão - TOTAL no ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
85 Produção Agrícola - Feijão (1º safra) - Área Colhida É a parcela da área plantada de Feijão (1º safra) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
86 Produção Agrícola - Feijão (1º safra) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Feijão (1º safra) no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
87 Produção Agrícola - Feijão (2º safra) - Área Colhida É a parcela da área plantada de Feijão (2º safra) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
88 Produção Agrícola - Feijão (2º safra) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Feijão (2º safra) no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
89 Produção Agrícola - Feijão (3º safra) - Área Colhida É a parcela da área plantada de Feijão ( 3º safra) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
90 Produção Agrícola - Feijão (3º safra) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Feijão (3º safra) no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
91 Produção Agrícola - Figo - Área Colhida É a parcela da área plantada de Figo que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
92 Produção Agrícola - Figo - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Figo no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
93 Produção Agrícola - Fruta-do-conde - Área Colhida É a parcela da área plantada de Fruta-do-conde que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2017 2017
94 Produção Agrícola - Fruta-do-conde - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Fruta-do-conde no ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2017 2017
95 Produção Agrícola - Fumo - Área Colhida É a parcela da área plantada de Fumo que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
96 Produção Agrícola - Fumo - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Fumo no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
97 Produção Agrícola - Gergelim - Área Colhida É a parcela da área plantada de Gergelim que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
98 Produção Agrícola - Gergelim - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Gergelim no ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
99 Produção Agrícola - Girassol - Área Colhida É a parcela da área plantada de Girassol que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
100 Produção Agrícola - Girassol - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Girassol no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
101 Produção Agrícola - Goiaba - Área Colhida É a parcela da área plantada de Goiaba que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
102 Produção Agrícola - Goiaba - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Goiaba no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
103 Produção Agrícola - Laranja - Área Colhida É a parcela da área plantada de Laranja que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
104 Produção Agrícola - Laranja - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Laranja no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
105 Produção Agrícola - Limão - Área Colhida É a parcela da área plantada de Limão que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
106 Produção Agrícola - Limão - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Limão no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
107 Produção Agrícola - Mamão - Área Colhida É a parcela da área plantada de Mamão que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
108 Produção Agrícola - Mamão - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Mamão no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
109 Produção Agrícola - Mamona - Área Colhida É a parcela da área plantada de Mamona que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2010/2013-2018 2018
110 Produção Agrícola - Mamona - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Mamona no ano-base do levantamento. 2000-2010/2013-2018 2018
111 Produção Agrícola - Mandioca - Área Colhida É a parcela da área plantada de Mandioca que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
112 Produção Agrícola - Mandioca - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Mandioca no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
113 Produção Agrícola - Manga - Área Colhida É a parcela da área plantada de Manga que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
114 Produção Agrícola - Manga - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Manga no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
115 Produção Agrícola - Maracujá - Área Colhida É a parcela da área plantada de Maracujá que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
116 Produção Agrícola - Maracujá - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Maracujá no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
117 Produção Agrícola - Marmelo - Área Colhida É a parcela da área plantada de Marmelo que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
118 Produção Agrícola - Marmelo - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Marmelo no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
119 Produção Agrícola - Melancia - Área Colhida É a parcela da área plantada de Melancia que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
120 Produção Agrícola - Melancia - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Melancia no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
121 Produção Agrícola - Milho - Total - Área Colhida É a parcela da área plantada de Milho - TOTAL que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
122 Produção Agrícola - Milho - Total - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Milho - TOTAL no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
123 Produção Agrícola - Milho (1º safra) - Área Colhida É a parcela da área plantada de Milho (1º safra) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
124 Produção Agrícola - Milho (1º safra) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Milho (1º safra) no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
125 Produção Agrícola - Milho (2º safra) - Área Colhida É a parcela da área plantada de Milho (2º safra) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
126 Produção Agrícola - Milho (2º safra) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Milho (2º safra) no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
127 Produção Agrícola - Milho (3º safra) - Área Colhida É a parcela da área plantada de Milho (3º safra) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
128 Produção Agrícola - Milho (3º safra) - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Milho (3º safra) no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
129 Produção Agrícola - Palmito - Área Colhida É a parcela da área plantada de Palmito que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
130 Produção Agrícola - Palmito - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Palmito no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
131 Produção Agrícola - Pupunha - Área Colhida É a parcela da área plantada de Pupunha que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2017 2017
132 Produção Agrícola - Pupunha - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Pupunha no ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2017 2017
133 Produção Agrícola - Soja - Área Colhida É a parcela da área plantada de Soja que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
134 Produção Agrícola - Soja - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Soja no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
135 Produção Agrícola - Sorgo - Área Colhida É a parcela da área plantada de Sorgo que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
136 Produção Agrícola - Sorgo - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Sorgo no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
137 Produção Agrícola - Tangerina - Área Colhida É a parcela da área plantada de Tangerina que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
138 Produção Agrícola - Tangerina - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Tangerina no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
139 Produção Agrícola - Tomate - Total - Área Colhida É a parcela da área plantada de Tomate (total) que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
140 Produção Agrícola - Tomate - Total - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Tomate (total) no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
141 Produção Agrícola - Tomate de mesa - Área Colhida É a parcela da área plantada de Tomate de mesa que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
142 Produção Agrícola - Tomate de mesa - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Tomate de mesa no ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
143 Produção Agrícola - Tomate industrial - Área Colhida É a parcela da área plantada de Tomate industrial que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
144 Produção Agrícola - Tomate industrial - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Tomate industrial no ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
145 Produção Agrícola - Trigo - Área Colhida É a parcela da área plantada de Trigo que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
146 Produção Agrícola - Trigo - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Trigo no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
147 Produção Agrícola - Urucum - Área Colhida É a parcela da área plantada de Urucum que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2010/2012-2018 2018
148 Produção Agrícola - Urucum - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Urucum no ano-base do levantamento. 2000-2010/2018 2018
149 Produção Agrícola - Uva - Área Colhida É a parcela da área plantada de Uva que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
150 Produção Agrícola - Uva - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Uva no ano-base do levantamento. 2000-2018 2018
151 Produção de grãos - Quantidade Produzida É a quantidade produzida grãos no ano-base do levantamento. 2000-2017 2017
152 Produção de Origem Animal - Leite Quantidade total de leite produzida, durante o ano-base da pesquisa, pelas vacas ordenhadas. 1998-2018 2018
153 Produção de Origem Animal - Ovos Produção total de ovos, durante o ano-base da pesquisa. 1998-2018 2018
154 Matrículas na Creche - Total Número de alunos matriculados na creche na rede federal, estadual, municipal e particular. 2000-2019 2019
155 Matrículas - Total Número de alunos matriculados na rede de ensino federal, estadual, municipal e particular. 2000-2019 2019
156 Matrículas na Alfabetização - Total Número de alunos matriculados no ensino de alfabetização na rede estadual, municipal e particular. 2000-2010 2010
159 Matrículas na Pré-Escola - Total Número de alunos matriculados no ensino da pré-escola na rede federal, estadual, municipal e particular. 2000-2019 2019
164 Matrículas no Ensino Fundamental - Total Número de alunos matriculados no ensino fundamental na rede federal, estadual, municipal e particular. 2000-2019 2019
169 Matrículas no Ensino Médio - Total Número de alunos matriculados no ensino médio na rede federal, estadual, municipal e particular. 2000-2019 2019
174 Matrículas na Educação Profissional - Total Refere-se a educação profissional de nível médio, destinado a proporcionar habilitação profissional a alunos matriculados ou egressos do ensino médio, podendo ser oferecida de forma concomitante ou seqüencial ao ensino médio. 2000-2019 2019
179 Matrículas na Educação Especial - Total É uma modalidade de educação escolar oferecida na rede regular de ensino ou em escolas especializadas, para educandos portadores de necessidades especiais, no ensino da pré-escola, fundamental e médio. 2000-2019 2019
194 Matrículas na Educação de Jovens e Adultos - Total Destina-se àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental na idade própria. É organizada em cursos e exames supletivos, habilitando o aluno/candidato ao prosseguimento de seus estudos em caráter regular. 2000-2019 2019
200 Utilização de Terras em Lavouras Temporárias - Estabelecimentos Número de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em lavouras temporárias, como lavouras temporárias de forrageiras para corte, para cultivo de flores (inclusive hidroponia e plasticultura), viveiros de mudas, estufas de plantas e casas de vegetação. 2006 2006
201 Utilização de Terras em Lavouras Temporárias - Área Área dos estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em lavouras, como lavouras temporárias de forrageiras para corte, para cultivo de flores (inclusive hidroponia e plasticultura), viveiros de mudas, estufas de plantas e casas de vegetação. 2006 2006
216 Povoados - Nome São os nomes dos povoados pertencentes aos municípios. Têm sua criação norteadas pelas Leis Orgânicas dos Municípios. 2009 2009
217 Aglomerados - Nome São os nomes dos aglomerados pertencentes aos municípios. Têm sua criação norteadas pelas Leis Orgânicas dos Municípios. 2009 2009
218 Docentes - Total Corresponde ao total de pessoas em atividades docentes em sala de aula. O mesmo docente pode ministrar aulas em redes e municípios diferentes. 2000-2019 2019
219 Estabelecimentos de Ensino - Total Apresenta o número total de estabelecimentos de ensino. A soma de estabelecimentos de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2000-2019 2019
220 Salas de Aula Existentes - Total A soma de salas de aula existentes nos estabelecimentos de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2000-2019 2019
235 Energia Elétrica - Consumidores - Total É o número de consumidores que utilizam a energia elétrica que pode ser convertida em outra forma de energia. Essa energia é a que realmente produz trabalho útil, faz os motores e transformadores operarem com carga. 2005-2017 2017
236 Energia Elétrica de Consumo Próprio - Consumidores Consumo Próprio - é o fornecimento destinado ao próprio concessionário devendo ser consideradas: próprio, canteiro de obras e interno; 2005-2017 2017
237 Energia Elétrica na Iluminação Pública - Consumidores Iluminação Pública - iluminação de ruas, praças, avenidas, jardins, vias, estradas e outros logradouros de domínio público de uso comum e livre acesso de responsabilidade de pessoa jurídica de direito público; 2005-2017 2017
238 Energia Elétrica no Poder Púbico - Consumidores Poder Público - são alocados nesta categoria os consumidores, independentes da atividade desenvolvida, que forem de responsabilidade de pessoa jurídica de direito público, exceto a iluminação pública e os serviços públicos. 2005-2017 2017
239 Energia Elétrica no Serviço Público - Consumidores Serviço Público - são alocados nesta categoria os consumidores que utilizam motores, máquinas e equipamentos para prestação de serviços públicos de água, esgoto, saneamento e tração urbana e/ou ferrovia explorados mediante concessão ou autorização. 2005-2017 2017
240 Energia Elétrica no Setor Comercial - Consumidores São alocados nesta categoria as unidades consumidoras que exercem atividade comercial, de prestação de serviços (exclusive os serviços públicos) e outras atividades não previstas nas demais classes, inclusive o fornecimento destinados às instalações de uso comum de prédio ou conjunto com predominância de unidades consumidoras não residenciais. A classe comercial deve ser estratificada nas seguintes subclasses: comercial; serviços de transportes, exclusive tração elétrica; serviços de comunicações e telecomunicações; serviços de irrigação; outros serviços e outras atividades. 2005-2017 2017
241 Energia Elétrica no Setor Industrial - Consumidores São alocados nesta categoria as unidades consumidoras que desenvolvem atividades industriais. Para que se tenha um conjunto mais homogêneo com relação à atividade industrial sugere-se estratificar os consumidores nos seguintes gêneros: extração de tratamento de minerais; produtos minerais não metálicos; metalúrgica; mecânica; material elétrico e de comunicações; madeira; mobiliário; papel e papelão; borracha; couros, peles e produtos similares; química; produtos farmacêuticos e veterinários; perfumaria, sabões e velas; produtos de materiais plásticos; têxtil; vestuário, calçados e artefatos de tecidos; produtos alimentares; bebidas; fumo; editorial e gráfica, diversos; utilidade pública; e construção. 2005-2017 2017
242 Energia Elétrica Residencial - Consumidores São alocados nesta classe os consumidores que utilizam a energia elétrica para fins residenciais, salvo aqueles situados em propriedade rural na qual seja desenvolvida atividade agropecuária com objetivo econômico. Inclui-se nesta classe o fornecimento para uso comum de prédios ou conjuntos com predominância de unidades consumidoras residenciais. 2005-2017 2017
243 Energia Elétrica Rural - Consumidores São alocados nesta categoria consumidores que desenvolvem atividade rural com objetivos econômicos. Esta categoria é estratificada nas seguintes subclasses: agropastoril; cooperativa de eletrificação rural; indústria rural e coletividade rural. 2005-2017 2017
244 Energia Elétrica - Consumo - Total É a energia elétrica que pode ser convertida em outra forma de energia. Essa energia é a que realmente produz trabalho útil, faz os motores e transformadores operarem com carga. O consumo de energia é expresso em megawatts-hora (mwh). 2005-2017 2017
245 Energia Elétrica de Consumo Próprio - Consumo Consumo Próprio - é o fornecimento destinado ao próprio concessionário devendo ser consideradas: próprio, canteiro de obras e interno; 2005-2017 2017
246 Energia Elétrica na Iluminação Pública - Consumo Iluminação Pública - iluminação de ruas, praças, avenidas, jardins, vias, estradas e outros logradouros de domínio público de uso comum e livre acesso de responsabilidade de pessoa jurídica de direito público; 2005-2017 2017
247 Energia Elétrica no Poder Púbico - Consumo Poder Público - são alocados nesta categoria os consumidores, independentes da atividade desenvolvida, que forem de responsabilidade de pessoa jurídica de direito público, exceto a iluminação pública e os serviços públicos. 2005-2017 2017
248 Energia Elétrica no Serviço Público - Consumo Serviço Público - são alocados nesta categoria os consumidores que utilizam motores, máquinas e equipamentos para prestação de serviços públicos de água, esgoto, saneamento e tração urbana e/ou ferrovia explorados mediante concessão ou autorização. 2005-2017 2017
249 Energia Elétrica no Setor Comercial - Consumo São alocados nesta categoria as unidades consumidoras que exercem atividade comercial, de prestação de serviços (exclusive os serviços públicos) e outras atividades não previstas nas demais classes, inclusive o fornecimento destinados às instalações de uso comum de prédio ou conjunto com predominância de unidades consumidoras não residenciais. A classe comercial deve ser estratificada nas seguintes subclasses: comercial; serviços de transportes, exclusive tração elétrica; serviços de comunicações e telecomunicações; serviços de irrigação; outros serviços e outras atividades. 2005-2017 2017
250 Energia Elétrica no Setor Industrial - Consumo São alocados nesta categoria as unidades consumidoras que desenvolvem atividades industriais. Para que se tenha um conjunto mais homogêneo com relação à atividade industrial sugere-se estratificar os consumidores nos seguintes gêneros: extração de tratamento de minerais; produtos minerais não metálicos; metalúrgica; mecânica; material elétrico e de comunicações; madeira; mobiliário; papel e papelão; borracha; couros, peles e produtos similares; química; produtos farmacêuticos e veterinários; perfumaria, sabões e velas; produtos de materiais plásticos; têxtil; vestuário, calçados e artefatos de tecidos; produtos alimentares; bebidas; fumo; editorial e gráfica, diversos; utilidade pública; e construção. 2005-2017 2017
251 Energia Elétrica Residencial - Consumo São alocados nesta classe os consumidores que utilizam a energia elétrica para fins residenciais, salvo aqueles situados em propriedade rural na qual seja desenvolvida atividade agropecuária com objetivo econômico. Inclui-se nesta classe o fornecimento para uso comum de prédios ou conjuntos com predominância de unidades consumidoras residenciais. 2005-2017 2017
252 Energia Elétrica Rural - Consumo São alocados nesta categoria consumidores que desenvolvem atividade rural com objetivos econômicos. Esta categoria é estratificada nas seguintes subclasses: agropastoril; cooperativa de eletrificação rural; indústria rural e coletividade rural. 2005-2017 2017
254 Domicílios Particulares Permanentes - Total Moradia onde, na data de referência, o relacionamento entre seus ocupantes era ditado por laços de parentesco, por dependência doméstica ou por normas de convivência. O domicílio particular é classificado em permanente e improvisado. 2000/2010 2010
255 Domicílios Particulares Permanentes Ocupados - Outros Domicílio particular, permanente outros, que não estejam na condição de próprio, alugado e cedido, na data de referência, estava ocupado por moradores, no qual foi possível realizar a entrevista, durante o período da coleta. 2000/2010 2010
257 Domicílios Particulares Permanentes - Rural Local de moradia, na zona rural, estruturalmente separado e independente que, na data de referência, destinava-se a servir de habitação a uma ou mais pessoas, ou que estava sendo utilizado como tal. Os domicílios classificam-se em coletivos e particulares. 2000/2010 2010
258 Domicílios Particulares Permanentes - Urbano Moradia, na zona urbana, onde, na data de referência, o relacionamento entre seus ocupantes era ditado por laços de parentesco, por dependência doméstica ou por normas de convivência. 2000/2010 2010
259 Domicílios Particulares Permanentes Ocupados - Próprio Domicílio particular, permanente próprio, que, na data de referência, estava ocupado por moradores, no qual foi possível realizar a entrevista, durante o período da coleta. 2000/2010 2010
260 Domicílios Particulares Permanentes Ocupados - Alugado Domicílio particular, permanente alugado, que, na data de referência, estava ocupado por moradores, no qual foi possível realizar a entrevista, durante o período da coleta. 2000/2010 2010
261 Domicílios Particulares Permanentes Ocupados - Cedido Domicílio particular, permanente cedido, que, na data de referência, estava ocupado por moradores, no qual foi possível realizar a entrevista, durante o período da coleta. 2000/2010 2010
262 Balança Comercial - Corrente de Comércio Balança Comercial: é a relação entre as exportações e as importações de um país. Corrente de Comércio: é o somatório das exportações e importações realizadas 1999-2019 2019
263 Balança Comercial - Exportação Corresponde às mercadorias embarcadas para o exterior. 1999-2019 2019
264 Balança Comercial - Importação Corresponde à entrada de mercadorias originárias do exterior 1999-2019 2019
265 Balança Comercial - Saldo É a diferença entre as exportações e importações ocorridas 1999-2019 2019
266 Índice de Gini Mede o grau de desigualdade existente na distribuição de indivíduos segundo a renda domiciliar per capita. Seu valor varia de 0 (zero), quando não há desigualdade (a renda de todos os indivíduos tem o mesmo valor), a 1 (um), quando a desigualdade é máxima (apenas um indivíduo detém toda a renda da sociedade e a renda de todos os outros indivíduos é nula). 1991/2000/2010 2010
267 Índice de Desenvolvimento Humano Municipal (IDH-M) O IDHM é um índice composto por três das mais importantes áreas do desenvolvimento humano: vida longa e saudável (longevidade), acesso ao conhecimento (educação) e padrão de vida (renda). Os dados utilizados são do Censo Demográfico do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O acesso ao conhecimento de cada município foi medido pela composição de dois subindicadores com pesos diferentes: escolaridade da população adulta e fluxo escolar da população jovem. A escolaridade da população adulta foi medida pelo percentual de pessoas com 18 anos ou mais de idade, com ensino fundamental completo e tem peso 1. O fluxo escolar dos jovens foi medido pela média aritmética do percentual de crianças entre cinco e seis anos frequentando a escola, do percentual de jovens entre 15 e 17 anos com ensino fundamental completo e do percentual de jovens entre 18 e 20 anos com ensino médio completo e tem peso 2. A média geométrica desses dois componentes resulta no IDHM Educação. O IDHM vai de 0 a 1: quanto mais próximo de zero, pior o desenvolvimento humano, quanto mais próximo de um, melhor. 1991/2000/2010 2010
268 IDHM - Educação Obtido a partir da composição de dois subindicadores com pesos diferentes: escolaridade da população adulta e fluxo escolar da população jovem. A escolaridade da população adulta foi medida pelo percentual de pessoas com 18 anos ou mais de idade, com ensino fundamental completo e tem peso 1. O fluxo escolar dos jovens foi medido pela média aritmética do percentual de crianças entre cinco e seis anos frequentando a escola, do percentual de jovens entre 15 e 17 anos com ensino fundamental completo e do percentual de jovens entre 18 e 20 anos com ensino médio completo e tem peso 2. A média geométrica desses dois componentes resulta no IDHM Educação. 1991/2000/2010 2010
269 IDHM - Longevidade É obtido a partir do indicador esperança de vida ao nascer, através da fórmula: (valor observado do indicador - limite inferior) / (limite superior - limite inferior), onde os limites inferior e superior são equivalentes a 25 a 85 anos, respectivamente.Esse indicador é uma medida-resumo dos níveis de mortalidade da população em geral, tornando-se maior à medida que declinam as taxas de mortalidade. 1991/2000/2010 2010
270 IDHM - Renda É obtido a partir do indicador renda municipal per capita média, ou seja, a renda média mensal dos indivíduos residentes em determinado município, expressa em reais. 1991/2000/2010 2010
271 Taxa de Alfabetização É o percentual das pessoas acima de 10 anos de idade que são alfabetizadas, ou seja, que sabem ler e escrever pelo menos um bilhete simples. 1991/2000/2010 2010
272 Taxa de Crescimento Geométrico Populacional É o crescimento da população de um local considerando duas datas sucessivas e o intervalo de tempo entre essas datas, medido em ano. 1991/1996/2000/2005-2019 2019
273 Taxa de Mortalidade Infantil Número de crianças que não deverão sobreviver ao primeiro ano de vida em cada 1000 crianças nascidas vivas. 1991/2000/2010 2010
274 Despesas Municipais - Total Total da despesa efetivamente realizada durante o exercício fiscal. Engloba as despesas correntes e de capital. 1998-2014 2014
275 Despesas Municipais - Despesas Correntes Total Classificam-se nesta categoria todas as despesas que não contribuem diretamente para a formação ou aquisição de um bem de capital. Englobam as despesas com pessoal e encargos sociais, juros e encargos da dívida e outras despesas correntes. 1998-2014 2014
276 Despesas Municipais - Despesas de Capital Total Classificam-se nesta categoria as despesas que contribuem, diretamente, para a formação, aquisição e readequação de um bem de capital, que enriqueça o patrimônio ou que seja capaz de gerar novos bens e serviços e cujos benefícios se estendam por períodos futuros. Classificam-se também os títulos representativos do capital de empresas ou entidades de qualquer natureza, bem como as amortizações de dívidas. 1998-2014 2014
277 Receitas Municipais - Total Receitas orçamentárias recolhidas aos cofres públicos por força de arrecadação, recolhimento e recebimento. Englobam as receitas correntes e as receitas de capital 1998-2014 2014
278 Receitas Municipais - Receitas Correntes Total Categoria econômica que compreende as Receitas Tributária, de Contribuições, Patrimonial, Agropecuária, Industrial, de Serviços, as Transferências Correntes e Outras Receitas Correntes. 1998-2014 2014
279 Receitas Municipais - Receitas de Capital Total Categoria econômica que compreende as Receitas de Operações de Crédito, Alienação de Bens, Amortização de Empréstimos, Transferências de Capital e Outras. 1998-2014 2014
280 Fundo de Participação dos Municípios - FPM Fundo de participação dos municípios transferido pela União. 2002-2014 2014
281 Nascidos vivos, ocorridos no ano, por lugar de residência da mãe Entende-se como filho nascido vivo aquele que, após a expulsão ou extração completa do corpo materno, independentemente do tempo de duração da gestação, manisfestou algum sinal de vida (respiração, choro, movimento de músculos de contração voluntária, batimento cardíaco, etc.), ainda que tenha falecido em seguida. Mãe residente em Goiás que teve filho em Goiás e/ou outro Estado. 1999-2012 2012
282 Óbitos, ocorridos e registrados no ano - Total É o desaparecimento definitivo de algum sinal de vida em qualquer momento posterior ao nascimento, ou seja, a cessação das funções vitais sem a possibilidade de ressuscitamento. 1999-2012 2012
283 Óbitos fetais, ocorridos e registrados no ano - Total É a morte de um produto de concepção ocorrida antes da expulsão ou de extração completa do corpo materno, independentemente da duração da gestação. A indicação do óbito fetal é dada pelo fato de, após a separação do corpo materno, o feto não respirar ou mostrar qualquer outra evidência de vida, tais como: batimento do coração, pulsação do cordão umbilical ou movimento efetivo dos músculos de contração voluntária. 1999-2012 2012
284 Óbitos de menores de 1 ano de idade, ocorridos e registrados no ano - Total É o desaparecimento definitivo de algum sinal de vida em qualquer momento posterior ao nascimento e antes de completar um ano de vida, ou seja, a cessação das funções vitais sem a possibilidade de ressuscitamento. 1999-2012 2012
285 Registros de Casamento É o ato, cerimônia ou processo pelo qual é constituída a relação legal entre o homem e a mulher. A legalidade da união pode ser estabelecida no casamento civil ou religioso com efeito civil e reconhecida pelas leis de cada país. No Brasil, um indivíduo só poderá casar legalmente se o seu estado civil for solteiro, viúvo ou divorciado. 1999-2012 2012
286 Separações judiciais concedidas em 1º instância É a dissolução legal da sociedade conjugal, ou seja, a separação legal do marido e da mulher, desobrigando as partes de certos compromissos, como o dever de vida em comum ou coabitação, mas não permitindo direito de novo casamento civil, religioso e/ou outras cláusulas de acordo com a legislação de cada país. Esta definição é válida tanto para as separações judiciais como para aquelas ocorridas nos Tabelionatos. 1999-2012 2012
287 Divórcios concedidos em 1º instância É a dissolução do casamento, ou seja, a separação do marido e da mulher, conferindo às partes o direito de novo casamento civil, religioso e/ou outras cláusulas de acordo com a legislação de cada país. A Emenda Constitucional número 9 de junho de 1977, permitiu a instauração do divórcio no Brasil e a Lei nº 6.515, de 26 de dezembro de 1977, o regulamentou. 1999-2012 2012
288 Eleitores - Total Pessoa a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 1988/1990/1992/1994/1996/1998/2000/2002/2004-2018 2018
289 Produção de Água Mineral Produção de água mineral. 2006-2016 2016
290 Produção de Água Termal Produção de Água Termal 2006-2016 2016
291 Produção de Amianto Produção de Amianto 2006-2016 2016
292 Produção de Areia Produção de Areia 2006-2016 2016
293 Produção de Argila para Cerâmica Branca Produção de argila para cerâmica branca 2006-2011/2013-2016 2016
294 Produção de Argila para Cerâmica Produção de Argila para Cerâmica. 2006-2010 2010
295 Produção de Argila para Cimento Produção de Argila para Cimento 2006-2016 2016
296 Produção de Argila Refratária Produção de Argila Refratária 2006-2016 2016
297 Produção de Brita Produção de Brita 2006-2016 2016
298 Produção de Calcário Agrícola Produção de Calcário Agrícola 2006-2016 2016
299 Produção de Calcário para Cal Produção de Calcário para Cal 2006-2016 2016
300 Produção de Calcário para Cimento Produção de Calcário para Cimento 2006-2016 2016
301 Produção de Calcário para Rações Produção de Calcário para Rações 2006-2016 2016
302 Produção de Cascalho Produção de Cascalho 2006-2016 2016
303 Produção de Caulim Produção de Caulim. 2006-2010/2013-2016 2016
304 Produção de Caulim para Cerâmica Branca Produção de Caulim para Cerâmica Branca. 2006-2014 2014
305 Produção de Cobalto Produção de Cobalto. 2006-2016 2016
306 Produção de Cobre Produção de Cobre. 2006-2016 2016
307 Produção de Diamante Produção de Diamante. 2006-2011/2015-2016 2016
308 Produção de Esmeralda Produção de Esmeralda. 2006-2010/2016 2016
309 Produção de Ferro para Cimento Produção de Ferro para Cimento. 2006-2010/2015-2016 2016
310 Produção de Filito Produção de Filito. 2006-2016 2016
311 Produção de Fosfato Produção de Fosfato. 2006-2016 2016
312 Produção de Manganês Produção de Manganês. 2006-2014 2014
313 Produção de Nióbio Produção de Nióbio. 2006-2016 2016
314 Produção de Níquel Produção de Níquel. 2006-2016 2016
315 Produção de Ouro Produção de Ouro. 2006-2016 2016
316 Produção de Prata Produção de Prata. 2006-2010/2013-2016 2016
317 Produção de Quartzito para Cerâmica Branca Produção de Quartzito para Cerâmica Branca. 2006-2010/2016 2016
318 Produção de Quartzo Produção de Quartzo. 2006-2010/2014 2014
319 Produção de Rochas Ornamentais Produção de Rochas Ornamentais. 2006-2016 2016
320 Produção de Saibro Produção de Saibro. 2006-2013/2015-2016 2016
321 Produção de Siltito para Cerâmica Branca Produção de Siltito para Cerâmica Branca. 2006-2016 2016
322 Produção de Vermiculita Produção de Vermiculita. 2006-2013/2015-2016 2016
323 Produção de Titânio Produção de Titânio. 2006-2010/2012/2013/2015 2015
324 Produto Interno Bruto a Preços Correntes - PIB Significa o valor do PIB global expresso em moeda corrente, resultante da multiplicação do valor constante por um índice de preço. Produto Interno Bruto - total de riqueza (bens e serviços) gerada por um período de tempo (geralmente de um ano) em um espaço geográfico (país, região, estado ou município). 2002-2017 2017
325 Produto Interno Bruto per Capita Produto Interno Bruto - total de riqueza (bens e serviços) gerada por um período de tempo (geralmente de um ano) em um espaço geográfico (país, região, estado ou município). PIB per Capita - corresponde ao valor do PIB global dividido pelo número absoluto de habitantes de um país, região, estado ou município. 2010-2017 2017
326 Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos - Administração Pública Saídas de mercadorias mais prestação de serviços de transporte (frete) e de comunicações deduzidas as entradas de mercadorias e insumos utilizados, em serviços. É o Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos em Administração Pública, que compõem o cálculo do Produto Interno Bruto (PIB). 2002-2017 2017
327 Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos - Agropecuária Saídas de mercadorias mais prestação de serviços de transporte (frete) e de comunicações deduzidas as entradas de mercadorias e insumos utilizados, na agropecuária. É o Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos na Agropecuária, que compõem o cálculo do Produto Interno Bruto (PIB). 2002-2017 2017
328 Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos - Indústria Saídas de mercadorias mais prestação de serviços de transporte (frete) e de comunicações deduzidas as entradas de mercadorias e insumos utilizados, na indústria. É o Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos na Indústria, que compõem o cálculo do Produto Interno Bruto (PIB). 2002-2017 2017
329 Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos - Serviços Saídas de mercadorias mais prestação de serviços de transporte (frete) e de comunicações deduzidas as entradas de mercadorias e insumos utilizados, em serviços. É o Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos em Serviços, que compõem o cálculo do Produto Interno Bruto (PIB). 2002-2017 2017
330 Arrecadação do ICMS A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 1998-2017 2017
331 Distribuição do ICMS - Repasse Valores repassados aos municípios. 1998-2010 2010
332 Extensão de Redes de Água É a metragem de redes de água. 2000-2018 2018
333 Ligações de Água É a quantidade de ligações de água. 2000-2018 2018
334 Extensão de Rede de Esgoto Extensão de Rede de Esgoto 2000-2018 2018
335 Ligações de Esgoto Ligações de Esgoto. 2000-2018 2018
336 Hospitais Número de estabelecimentos hospitalares. 2000-2019 2019
337 Leitos Número de leitos. 2000-2019 2019
338 Agências Bancárias - Total Número total de estabelecimentos bancários. 2006-2007/2009/2011-2019 2019
339 Agências Bancárias - Caixa Econômica Federal Número de agências bancárias da Caixa Econômica Federal no Estado. 2006-2007/2009/2011-2019 2019
340 Agências Bancárias - Banco do Brasil S.A Número de agências bancárias do Banco do Brasil S.A localizadas no Estado. 2006-2007/2009/2011-2019 2019
341 Agências Bancárias - Banco Bradesco S.A Número de agências bancárias do Banco Brandesco S.A localizadas no Estado. 2006-2007/2009/2011-2019 2019
342 Agências Bancárias - Banco Itaú S.A. Número de agencias bancárias do Banco Itaú S.A. localizadas no Estado. 2006-2007/2009/2011-2019 2019
343 Outras Agências Bancárias Outras agências bancárias localizadas no Estado. 2006-2007/2009/2011-2019 2019
344 Total - Admitidos O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
345 Total - Desligados O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados desligados no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
346 Total - Saldo O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de saldo de empregados no período (diferença entre admitidos e desligados), serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
347 Empregos - Total O número de empregos (postos de trabalho) corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, é diferente do número de pessoas empregadas, pois um mesmo indivíduo pode estar ocupando mais de um posto de trabalho na data de referência. Como vínculo empregatício entende-se a relação de emprego mantida com o empregador durante o ano-base e que se estabelece sempre que ocorrer trabalho remunerado com submissão hierárquica ao empregador e horário pré estabelecido por este. Esta relação pode ser regida pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) ou pelo Regime Jurídico Único, no caso de empregado estatutário. Adicionalmente a RAIS levanta dados sobre vínculos de trabalhador avulso, trabalhador temporário (Lei nº 6.019, de 03/01/74), menor aprendiz, diretor sem vínculo que tenha optado por recolhimento do FGTS e trabalhador com contrato de trabalho por prazo determinado (Lei nº 9.601, de 21/01/98). É a soma dos sub-setores: Indústria de Extração de Minerais; Indústria de Transformação; Serviços Industriais de Utilidade Pública; Construção Civil; Comércio; Serviços; Administração Pública Direta e Indireta; Agricultura, Silvicultura, Criação de Animais, Extração Vegetal e Pesca; e Atividade não Especificada ou Classificada. 1999-2018 2018
348 Rendimento Médio É determinado pela divisão da massa salarial pelo número de empregos. O número de empregos (postos de trabalho) corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, é diferente do número de pessoas empregadas, pois um mesmo indivíduo pode estar ocupando mais de um posto de trabalho na data de referência. Como vínculo empregatício entende-se a relação de emprego mantida com o empregador durante o ano-base e que se estabelece sempre que ocorrer trabalho remunerado com submissão hierárquica ao empregador e horário pré estabelecido por este. Esta relação pode ser regida pela Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) ou pelo Regime Jurídico Único, no caso de empregado estatutário. Adicionalmente a RAIS levanta dados sobre vínculos de trabalhador avulso, trabalhador temporário (Lei nº 6.019, de 03/01/74), menor aprendiz, diretor sem vínculo que tenha optado por recolhimento do FGTS e trabalhador com contrato de trabalho por prazo determinado (Lei nº 9.601, de 21/01/98). 1999-2018 2018
349 Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos - Total Saídas de mercadorias mais prestação de serviços de transporte (frete) e de comunicações deduzidas as entradas de mercadorias e insumos utilizados. É o Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos que compõem o cálculo do Produto Interno Bruto (PIB). 2002-2017 2017
350 Densidade Demográfica É o indicador que mostra como a população se distribui pelo território, sendo determinada pela razão entre a população e a área de uma determinada região. É um índice utilizado para verificar a intensidade de ocupação de um território. 1991/1996/2000-2019 2019
351 Eleitores de 16 anos Pessoa na faixa etária de 16 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
352 Eleitores de 17 anos Pessoa na faixa etária de 17 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
353 Eleitores de 18 a 20 anos Pessoa na faixa etária de 18 a 20 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
354 Eleitores de 21 a 24 anos Pessoa na faixa etária de 21 a 24 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
355 Eleitores de 25 a 34 anos Pessoa na faixa etária de 25 a 34 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
356 Eleitores de 35 a 44 anos Pessoa na faixa etária de 35 a 44 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
357 Eleitores de 45 a 59 anos Pessoa na faixa etária de 45 a 59 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
358 Eleitores de 60 a 69 anos Pessoa na faixa etária de 60 a 69 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
359 Eleitores de 70 a 79 anos Pessoa na faixa etária de 70 a 79 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
360 Eleitores de 80 anos e mais Pessoa na faixa etária de 80 anos e mais, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
361 Eleitores com Idade Ignorada Pessoa com idade ignorada, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
362 Eleitores Femininos - Total Pessoa do sexo feminino, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
363 Eleitores Femininos de 16 anos Pessoa do sexo feminino, na faixa etária de 16 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
364 Eleitores Femininos de 17 anos Pessoa do sexo feminino, na faixa etária de 17 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
365 Eleitores Femininos de 18 a 20 anos Pessoa do sexo feminino, na faixa etária de 18 a 20 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
366 Eleitores Femininos de 21 a 24 anos Pessoa do sexo feminino, na faixa etária de 21 a 24 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
367 Eleitores Femininos de 25 a 34 anos Pessoa do sexo feminino, na faixa etária de 25 a 34 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
368 Eleitores Femininos de 35 a 44 anos Pessoa do sexo feminino, na faixa etária de 35 a 44 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
369 Eleitores Femininos de 45 a 59 anos Pessoa do sexo feminino, na faixa etária de 45 a 59 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
370 Eleitores Femininos de 60 a 69 anos Pessoa do sexo feminino, na faixa etária de 60 a 69 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
371 Eleitores Femininos de 80 anos e mais Pessoa do sexo feminino, na faixa etária de 80 anos e mais, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
372 Eleitores Femininos com Idade Ignorada Pessoa do sexo feminino, com idade ignorada, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
373 Eleitores Femininos de 70 a 79 anos Pessoa do sexo feminino, na faixa etária de 70 a 79 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
374 Eleitores Masculinos - Total Pessoa do sexo masculino, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
375 Eleitores Masculinos de 16 anos Pessoa do sexo masculino, na faixa etária de 16 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
376 Eleitores Masculinos de 17 anos Pessoa do sexo masculino, na faixa etária de 17 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
377 Eleitores Masculinos de 18 a 20 anos Pessoa do sexo masculino, na faixa etária de 18 a 20 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
378 Eleitores Masculinos de 21 a 24 anos Pessoa do sexo masculino, na faixa etária de 21 a 24 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
379 Eleitores Masculinos de 25 a 34 anos Pessoa do sexo masculino, na faixa etária de 25 a 34 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
380 Eleitores Masculinos de 35 a 44 anos Pessoa do sexo masculino, na faixa etária de 35 a 44 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
381 Eleitores Masculinos de 45 a 59 anos Pessoa do sexo masculino, na faixa etária de 45 a 59 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
382 Eleitores Masculinos de 60 a 69 anos Pessoa do sexo masculino, na faixa etária de 60 a 69 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
383 Eleitores Masculinos de 70 a 79 anos Pessoa do sexo masculino, na faixa etária de 70 a 79 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
384 Eleitores Masculinos de 80 anos e mais Pessoa do sexo masculino, na faixa etária de 80 anos e mais, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
385 Eleitores Masculinos com Idade Ignorada Pessoa do sexo masculino, com idade ignorada, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
386 Eleitores Sem Declaração de Sexo - Total Pessoa sem declaração do sexo, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
387 Eleitores Sem Declaração de Sexo de 16 anos Pessoa sem declaração do sexo, na faixa etária de 16 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
388 Eleitores Sem Declaração de Sexo de 17 anos Pessoa sem declaração do sexo, na faixa etária de 17 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
389 Eleitores Sem Declaração de Sexo de 18 a 20 anos Pessoa sem declaração do sexo, na faixa etária de 18 a 20 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
390 Eleitores Sem Declaração de Sexo de 21 a 24 anos Pessoa sem declaração do sexo, na faixa etária de 21 a 24 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
391 Eleitores Sem Declaração de Sexo de 25 a 34 anos Pessoa sem declaração do sexo, na faixa etária de 25 a 34 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
392 Eleitores Sem Declaração de Sexo de 35 a 44 anos Pessoa sem declaração do sexo, na faixa etária de 35 a 44 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
393 Eleitores Sem Declaração de Sexo de 45 a 59 anos Pessoa sem declaração do sexo, na faixa etária de 45 a 59 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
394 Eleitores Sem Declaração de Sexo de 60 a 69 anos Pessoa sem declaração do sexo, na faixa etária de 60 a 69 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
395 Eleitores Sem Declaração de Sexo de 70 a 79 anos Pessoa sem declaração do sexo, na faixa etária de 70 a 79 anos, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
396 Eleitores Sem Declaração de Sexo de 80 anos e mais Pessoa sem declaração do sexo, na faixa etária de 80 anos e mais, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
397 Eleitores Sem Declaração de Sexo com Idade Ignorada Pessoa sem declaração do sexo, com idade ignorada, a quem se atribui a aptidão de participar da escolha de um representante para exercer cargo público. 2000/2002/2004-2018 2018
398 Matrículas na Creche - Federal Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando a creche, na rede federal. 2000-2019 2019
399 Matrículas na Creche - Estadual Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando a creche, na rede estadual. 2000-2019 2019
400 Matrículas na Creche - Municipal Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando a creche, na rede municipal. 2000-2019 2019
401 Matrículas na Creche - Particular Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando a creche, na rede particular. 2000-2019 2019
402 Matrículas na Pré-escolar - Federal Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando a pré-escola, na rede federal. 2000-2019 2019
403 Matrículas na Pré-escolar - Estadual Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando a pré-escola, na rede estadual. 2000-2019 2019
404 Matrículas na Pré-escolar - Municipal Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando a pré-escola, na rede municipal. 2000-2019 2019
405 Matrículas na Pré-escolar - Particular Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando a pré-escola, na rede particular. 2000-2019 2019
406 Matrículas no Ensino Fundamental - Federal Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando o ensino fundamental, na rede federal. 2000-2019 2019
407 Matrículas no Ensino Fundamental - Estadual Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando o ensino fundamental, na rede estadual. 2000-2019 2019
408 Matrículas no Ensino Fundamental - Municipal Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando o ensino fundamental, na rede municipal. 2000-2019 2019
409 Matrículas no Ensino Fundamental - Particular Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando o ensino fundamental, na rede particular. 2000-2019 2019
410 Matrículas no Ensino Médio - Federal Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando o ensino médio, na rede federal. 2000-2019 2019
411 Matrículas no Ensino Médio - Estadual Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando o ensino médio, na rede estadual. 2000-2019 2019
412 Matrículas no Ensino Médio - Municipal Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando o ensino médio, na rede municipal. 2000-2019 2019
413 Matrículas no Ensino Médio - Particular Número de alunos matriculados e efetivamente freqüentando o ensino médio, na rede particular. 2000-2019 2019
414 Matrículas na Educação profissional (nível técnico) - Federal Refere-se a educação profissional de nível médio, na rede federal, destinado a proporcionar habilitação profissional a alunos matriculados ou egressos do ensino médio, podendo ser oferecida de forma concomitante ou seqüencial ao ensino médio. 2000-2019 2019
415 Matrículas na Educação profissional (nível técnico) - Estadual Refere-se a educação profissional de nível médio, na rede estadual, destinado a proporcionar habilitação profissional a alunos matriculados ou egressos do ensino médio, podendo ser oferecida de forma concomitante ou seqüencial ao ensino médio. 2000-2019 2019
416 Matrículas na Educação profissional (nível técnico) - Municipal Refere-se a educação profissional de nível médio, na rede municipal, destinado a proporcionar habilitação profissional a alunos matriculados ou egressos do ensino médio, podendo ser oferecida de forma concomitante ou seqüencial ao ensino médio. 2000-2019 2019
417 Matrículas na Educação profissional (nível técnico) - Particular Refere-se a educação profissional de nível médio, na rede particular, destinado a proporcionar habilitação profissional a alunos matriculados ou egressos do ensino médio, podendo ser oferecida de forma concomitante ou seqüencial ao ensino médio. 2000-2019 2019
418 Matrículas na Educação Especial - Federal É uma modalidade de educação escolar oferecida na rede regular de ensino ou em escolas especializadas, para educandos portadores de necessidades especiais, na rede federal. 2000-2019 2019
419 Matrículas na Educação Especial - Estadual É uma modalidade de educação escolar oferecida na rede regular de ensino ou em escolas especializadas, para educandos portadores de necessidades especiais, na rede estadual. 2000-2019 2019
420 Matrículas na Educação Especial - Municipal É uma modalidade de educação escolar oferecida na rede regular de ensino ou em escolas especializadas, para educandos portadores de necessidades especiais, na rede municipal. 2000-2019 2019
421 Matrículas na Educação Especial - Particular É uma modalidade de educação escolar oferecida na rede regular de ensino ou em escolas especializadas, para educandos portadores de necessidades especiais, na rede particular. 2000-2019 2019
422 Matrículas na Educação de Jovens a Adultos - Federal Destina-se àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental na idade própria. É organizada em cursos e exames supletivos, habilitando o aluno/candidato ao prosseguimento de seus estudos em caráter regular, na rede federal. 2000-2019 2019
423 Matrículas na Educação de Jovens a Adultos - Estadual Destina-se àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental na idade própria. É organizada em cursos e exames supletivos, habilitando o aluno/candidato ao prosseguimento de seus estudos em caráter regular, na rede estadual. 2000-2019 2019
424 Matrículas na Educação de Jovens a Adultos - Municipal Destina-se àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental na idade própria. É organizada em cursos e exames supletivos, habilitando o aluno/candidato ao prosseguimento de seus estudos em caráter regular, na rede municipal. 2000-2019 2019
425 Matrículas na Educação de Jovens a Adultos - Particular Destina-se àqueles que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental na idade própria. É organizada em cursos e exames supletivos, habilitando o aluno/candidato ao prosseguimento de seus estudos em caráter regular, na rede particular. 2000-2019 2019
426 Efetivo de Galináceos Levantamento do efetivo de galináceos, composto pela soma de galinhas, galos, frangos, frangas e pintos, na data de referência da pesquisa. O efetivo tem como data de referência o dia 31 de dezembro do ano em questão. 1998-2018 2018
427 Efetivo do Rebanho de Ovinos Levantamento do efetivo do rebanho de ovinos, na data de referência da pesquisa. O efetivo tem como data de referência o dia 31 de dezembro do ano em questão. 1998-2018 2018
428 Efetivo do Rebanho de Asininos Levantamento do efetivo do rebanho de asininos, na data de referência da pesquisa. O efetivo tem como data de referência o dia 31 de dezembro do ano em questão. 1998-2012 2012
429 Efetivo do Rebanho de Bubalinos Levantamento do efetivo do rebanho de bubalinos, na data de referência da pesquisa. O efetivo tem como data de referência o dia 31 de dezembro do ano em questão. 1998-2018 2018
430 Efetivo do Rebanho de Caprinos Levantamento do efetivo do rebanho de caprinos, na data de referência da pesquisa. O efetivo tem como data de referência o dia 31 de dezembro do ano em questão. 1998-2018 2018
431 Efetivo de Codornas Levantamento do efetivo de codornas, na data de referência da pesquisa. O efetivo tem como data de referência o dia 31 de dezembro do ano em questão. 1998-2018 2018
432 Efetivo do Rebanho de Equinos Levantamento do efetivo do rebanho de equinos, na data de referência da pesquisa. O efetivo tem como data de referência o dia 31 de dezembro do ano em questão. 1998-2018 2018
433 Efetivo do Rebanho de Muares Levantamento do efetivo do rebanho de muares, na data de referência da pesquisa. O efetivo tem como data de referência o dia 31 de dezembro do ano em questão. 1998-2012 2012
434 Produção de Origem Animal - Ovos de Galinha - Quantidade Produzida Produção total de ovos de galinha, durante o ano-base da pesquisa. 1998-2018 2018
435 Produção de Origem Animal - Ovos de Codornas - Quantidade Produzida Produção total de ovos de codorna, durante o ano-base da pesquisa. 1998-2018 2018
436 Produção de Origem Animal - Lã - Quantidade Produzida Quantidade total de lã bruta (que cobre a pele do carneiro, da ovelha ou do cordeiro). 1998-2018 2018
437 Produção de Origem Animal - Mel de Abelha - Quantidade Produzida Produção total de mel (de abelhas criadas em apiários), obtida durante o ano-base da pesquisa. 1998-2018 2018
438 Utilização de Terras - Estabelecimentos -Total Número de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em lavoura permanente, temporária, pastagens naturais e plantadas, matas e florestas naturais e plantadas. 2006 2006
439 Utilização de Terras em Pastagens Plantadas - Estabelecimentos Número de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em pastagens plantadas. 2006 2006
440 Utilização de Terras em Matas Plantadas - Estabelecimentos Número de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em matas e/ou florestas plantadas com essências florestais. 2006 2006
441 Utilização de Terras - Área Total Área de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em lavoura permanente, temporária, pastagens naturais e plantadas, matas e florestas naturais e plantadas. 2006 2006
442 Utilização de Terras em Pastagens Plantadas - Área Área de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em pastagens plantadas. 2006 2006
443 Utilização de Terras em Matas Plantadas - Área Área de estabelecimentos agropecuários por utilização de terras em matas e/ou florestas plantadas com essências florestais. 2006 2006
444 Produção de Argila para Cerâmica Vermelha Produção de Argila para Cerâmica Vermelha 2006-2016 2016
445 Produção de Barita Produção de Barita 2006-2013/2016 2016
446 Arrecadação do ICMS - Comércio atacadista e distribuidor A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 2007-2017 2017
447 Arrecadação do ICMS - Comércio varejista A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 2007-2017 2017
448 Arrecadação do ICMS - Extrator mineral ou fóssil A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 2007-2017 2017
449 Arrecadação do ICMS - Indústria A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 2007-2017 2017
450 Arrecadação do ICMS - Prestação de serviço A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 2007-2017 2017
451 Arrecadação do ICMS - Produção agropecuária A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 2007-2017 2017
452 Arrecadação do ICMS - Combustível A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 2007-2017 2017
453 Arrecadação do ICMS - Comunicação A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 2007-2017 2017
454 Arrecadação do ICMS - Energia Elétrica A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 2007-2017 2017
455 Arrecadação do ICMS - Outros A arrecadação está distribuída segundo o local de instalação do estabelecimento do contribuinte (quando cadastrado) e onde foi recebida, nos outros casos. Os valores do ICMS são apresentados pelo total - 100% (não estão distribuídos entre Estado e Municípios). 2007-2017 2017
456 População Censitária - 0 a 4 anos Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
457 População Censitária - 5 a 9 anos Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
458 População Censitária - 10 a 14 anos Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
459 População Censitária - 15 a 19 anos Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
460 População Censitária - 20 a 29 anos Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
461 População Censitária - 30 a 39 anos Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
462 População Censitária - 40 a 49 anos Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
463 População Censitária - 50 a 59 anos Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
464 População Censitária - 60 a 69 anos Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
465 População Censitária - 70 a 79 anos Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
466 População Censitária - 80 anos ou mais Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
467 População Censitária - idade ignorada Conjunto de pessoas constituídas pela população considerada como residente (presentes e ausentes temporários), na data de referência (considera-se data de referência a noite anterior ao primeiro dia do mês em que se realiza a pesquisa). Dados do Censo Demográfico. 1980/1991/2000/2010 2010
468 População Contagem - 0 a 4 anos Contagem da população residente 1996/2007 2007
469 População Contagem - 5 a 9 anos Contagem da população residente. 1996/2007 2007
470 População Contagem - 10 a 14 anos Contagem da população residente. 1996/2007 2007
471 População Contagem - 15 a 19 anos Contagem da população residente. 1996/2007 2007
472 População Contagem - 20 a 29 anos Contagem da população residente. 1996/2007 2007
473 População Contagem - 30 a 39 anos Contagem da população residente. 1996/2007 2007
474 População Contagem - 40 a 49 anos Contagem da população residente. 1996/2007 2007
475 População Contagem - 50 a 59 anos Contagem da população residente. 1996/2007 2007
476 População Contagem - 60 a 69 anos Contagem da população residente. 1996/2007 2007
477 População Contagem - 70 a 79 anos Contagem da população residente. 1996/2007 2007
478 População Contagem - 80 anos ou mais Contagem da população residente. 1996/2007 2007
479 População Contagem - idade ignorada Contagem da população residente. 1996/2007 2007
480 População Estimada - 0 a 4 anos A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
481 População Estimada - 5 a 9 anos A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
482 População Estimada - 10 a 14 anos A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008/2009 2009
483 População Estimada - 15 a 19 anos A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
484 População Estimada - 20 a 29 anos A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
485 População Estimada - 30 a 39 anos A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
486 População Estimada - 40 a 49 anos A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
487 População Estimada - 50 a 59 anos A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
488 População Estimada - 60 a 69 anos A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
489 População Estimada - 70 a 79 anos A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
490 Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos - Impostos Saídas de mercadorias mais prestação de serviços de transporte (frete) e de comunicações deduzidas as entradas de mercadorias e insumos utilizados, em serviços. É o Valor Adicionado Bruto a Preços Básicos em Administração Pública, que compõem o cálculo do Produto Interno Bruto (PIB). 2002-2017 2017
492 Extração Vegetal - Carvão Vegetal - Quantidade 1994-2018 2018
493 Extração Vegetal - Carvão Vegetal - Valor 1994-2018 2018
494 Extração Vegetal - Lenha - Quantidade 1994-2018 2018
495 Extração Vegetal - Lenha - Valor 1994-2018 2018
496 Extração Vegetal - Madeira em Tora - Quantidade 1994-2018 2018
497 Extração Vegetal - Madeira em Tora - Valor 1994-2018 2018
498 Extração Vegetal - Total - Valor 1994-2018 2018
499 Silvicultura - Carvão Vegetal - Quantidade 1994-2018 2018
500 Silvicultura - Carvão Vegetal - Valor 1994-2018 2018
501 Silvicultura - Lenha - Quantidade 1994-2018 2018
502 Silvicultura - Lenha - Valor 1994-2018 2018
503 Silvicultura - Madeira em Tora - Quantidade 1994-2018 2018
504 Silvicultura - Madeira em Tora - Valor 1994-2018 2018
505 Silvicultura - Total - Valor 1994-2018 2018
506 Extrativa Mineral - Admitidos O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
507 Extrativa Mineral - Desligados O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
508 Extrativa Mineral - Saldo O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
509 Indústria de Transformação - Admitidos O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
510 Indústria de Transformação - Desligados O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
511 Indústria de Transformação - Saldo O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
512 Serviços Industriais de Utilidade Pública - Admitidos O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
513 Serviços Industriais de Utilidade Pública - Desligados O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
514 Serviços Industriais de Utilidade Pública - Saldo O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
515 Construção Civil - Admitidos O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
516 Construção Civil - Desligados O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
517 Construção Civil - Saldo O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
518 Comércio - Admitidos O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
519 Comércio - Desligados O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
520 Comércio - Saldo O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
521 Serviços - Admitidos O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
522 Serviços - Desligados O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
523 Serviços - Saldo O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
524 Administração Pública - Admitidos O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
525 Administração Pública - Desligados O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
526 Administração Pública - Saldo O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
527 Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca - Admitidos O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
528 Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca - Desligados O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
529 Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca - Saldo O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
530 não classificados - Admitidos O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
531 não classificados - Desligados O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
532 não classificados - Saldo O Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) foi criado pelo Governo Federal, através da Lei n° 4.923/65, que instituiu o registro permanente de admissões e dispensas de empregados, sob o regime da Consolidação das Leis do Trabalho (CLT). Este Cadastro Geral, de empregados admitidos no período, serve como base para a elaboração de estudos, pesquisas, projetos e programas ligados ao mercado de trabalho, ao mesmo tempo em que subsidia a tomada de decisões para ações governamentais. É utilizado, ainda, pelo Programa de Seguro-Desemprego, para conferir os dados referentes aos vínculos trabalhistas, além de outros programas sociais. 1998-2019 2019
533 Número de Cursos Presenciais - Total Número total de cursos presenciais. 1991-2013 2013
534 Número de Cursos Presenciais - Federal Número total de cursos presenciais da rede federal. 1991-2013 2013
535 Número de Cursos Presenciais - Estadual Número total de cursos presenciais da rede estadual. 1991-2013 2013
536 Número de Cursos Presenciais - Municipal Número total de cursos presenciais da rede municipal. 1991-2013 2013
537 Número de Cursos Presenciais - Particular Número total de cursos presenciais da rede particular. 1991-2013 2013
538 Número de Cursos Presenciais - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número total de cursos presenciais da rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
539 Matrículas Cursos Presenciais - Total Número total de matrículas em cursos presenciais. 1991-2013 2013
540 Matrículas Cursos Presenciais - Federal Número total de matrículas em cursos presenciais da rede federal. 1991-2013 2013
541 Matrículas Cursos Presenciais - Estadual Número total de matrículas em cursos presenciais da rede estadual. 1991-2013 2013
542 Matrículas Cursos Presenciais - Municipal Número total de matrículas em cursos presenciais na rede municipal. 1991-2013 2013
543 Matrículas Cursos Presenciais - Particular Número total de matrículas em cursos presenciais na rede particular. 1991-2013 2013
544 Matrículas Cursos Presenciais - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número total de matrículas em cursos presenciais na rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
545 Matriculas Cursos Presenciais Sexo Feminino - Total Número total de matrículas do sexo feminino em cursos presenciais. 1991-2013 2013
546 Matriculas Cursos Presenciais Sexo Feminino - Federal Número total de matrículas do sexo feminino em cursos presenciais na rede federal. 1991-2013 2013
547 Matriculas Cursos Presenciais Sexo Feminino - Estadual Número total de matrículas do sexo feminino em cursos presenciais na rede estadual. 1991-2013 2013
548 Matriculas Cursos Presenciais Sexo Feminino - Municipal Número total de matrículas do sexo feminino em cursos presenciais na rede municipal. 1991-2013 2013
549 Matriculas Cursos Presenciais Sexo Feminino - Particular Número total de matrículas do sexo feminino em cursos presenciais na rede particular. 1991-2013 2013
550 Matriculas Cursos Presenciais Sexo Feminino - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número total de matrículas do sexo feminino em cursos presenciais na rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
551 Concluíntes Presenciais - Total Número total de concluíntes de cursos presenciais. 1991-2013 2013
552 Concluíntes Presenciais - Federal Número total de concluíntes de cursos presenciais na rede federal. 1991-2013 2013
553 Concluíntes Presenciais - Estadual Número total de concluíntes de cursos presenciais na rede estadual. 1991-2013 2013
554 Concluíntes Presenciais - Municipal Número total de concluíntes de cursos presenciais na rede municipal. 1991-2013 2013
555 Concluíntes Presenciais - Particular Número total de concluíntes de cursos presenciais na rede particular. 1991-2013 2013
556 Concluíntes Presenciais - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número total de concluíntes de cursos presenciais na rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
557 Concluíntes Presenciais Sexo Feminino - Total Número total de concluíntes do sexo feminino de cursos presenciais. 1991-2013 2013
558 Concluíntes Presenciais Sexo Feminino - Federal Número total de concluíntes do sexo feminino de cursos presenciais na rede federal. 1991-2013 2013
559 Concluíntes Presenciais Sexo Feminino - Estadual Número total de concluíntes do sexo feminino de cursos presenciais na rede estadual. 1991-2013 2013
560 Concluíntes Presenciais Sexo Feminino - Municipal Número total de concluíntes do sexo feminino de cursos presenciais na rede municipal. 1991-2013 2013
561 Concluíntes Presenciais Sexo Feminino - Particular Número total de concluíntes do sexo feminino de cursos presenciais na rede particular. 1991-2013 2013
562 Concluíntes Presenciais Sexo Feminino - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número total de concluíntes do sexo feminino de cursos presenciais na rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
563 Vagas Oferecidas por Vestibular e Outros Processos Seletivos - Total Número total de vagas oferecidas por vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais. 1991-2013 2013
564 Vagas Oferecidas por Vestibular e Outros Processos Seletivos - Federal Número total de vagas oferecidas por vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais na rede federal. 1991-2013 2013
565 Vagas Oferecidas por Vestibular e Outros Processos Seletivos - Estadual Número total de vagas oferecidas por vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais na rede estadual. 1991-2013 2013
566 Vagas Oferecidas por Vestibular e Outros Processos Seletivos - Municipal Número total de vagas oferecidas por vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais na rede municipal. 1991-2013 2013
567 Vagas Oferecidas por Vestibular e Outros Processos Seletivos - Particular Número total de vagas oferecidas por vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais na rede particular. 1991-2013 2013
568 Vagas Oferecidas por Vestibular e Outros Processos Seletivos - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número total de vagas oferecidas por vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais na rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
569 Candidatos Inscritos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Total Número total de candidatos inscritos no vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais. 1991-2013 2013
570 Candidatos Inscritos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Federal Número total de candidatos inscritos no vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais na rede federal. 1991-2013 2013
571 Candidatos Inscritos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Estadual Número total de candidatos inscritos no vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais na rede estadual. 1991-2013 2013
572 Candidatos Inscritos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Municipal Número total de candidatos inscritos no vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais na rede municipal. 1991-2013 2013
573 Candidatos Inscritos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Particular Número total de candidatos inscritos no vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais na rede particular. 1991-2013 2013
574 Candidatos Inscritos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número total de candidatos inscritos no vestibular e outros processos seletivos para cursos presenciais na rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
575 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Total Número total de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos. 1991-2013 2013
576 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Federal Número total de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos na rede federal. 1991-2013 2013
577 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Estadual Número total de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos na rede estadual. 1991-2013 2013
578 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Municipal Número total de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos na rede municipal. 1991-2013 2013
579 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Particular Número total de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos na rede particular. 1991-2013 2013
580 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número total de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos na rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
581 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos Sexo Feminino - Total Número de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos do sexo feminino. 1991-2013 2013
582 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos Sexo Feminino - Federal Número de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos do sexo feminino na rede federal. 1991-2013 2013
583 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos Sexo Feminino - Estadual Número de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos do sexo feminino da rede estadual. 1991-2013 2013
584 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos Sexo Feminino - Municipal Número de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos do sexo feminino na rede municipal. 1991-2013 2013
585 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos Sexo Feminino - Particular Número de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos do sexo feminino na rede particular. 1991-2013 2013
586 Ingressos Vestibular e Outros Processos Seletivos Sexo Feminino - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número de ingressos, em cursos presenciais, por vestibular e outros processos seletivos do sexo feminino na rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
587 Ingressos por Outras Formas - Total Número total de ingressos em cursos presenciais por outras formas. 1991-2013 2013
588 Ingressos por Outras Formas - Federal Número total de ingressos em cursos presenciais por outras formas na rede federal. 1991-2013 2013
589 Ingressos por Outras Formas - Estadual Número total de ingressos em cursos presenciais por outras formas na rede estadual. 1991-2013 2013
590 Ingressos por Outras Formas - Municipal Número total de ingressos em cursos presenciais por outras formas na rede municipal. 1991-2013 2013
591 Ingressos por Outras Formas - Particular Número total de ingressos em cursos presenciais por outras formas na rede particular. 1991-2013 2013
592 Ingressos por Outras Formas - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número total de ingressos em cursos presenciais por outras formas na rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
593 Ingressos por Outras Formas Feminino - Total Número total de ingressos, em cursos preseciais, por outras formas do sexo feminino. 1991-2013 2013
594 Ingressos por Outras Formas Feminino - Federal Número total de ingressos, em cursos preseciais, por outras formas do sexo feminino na rede federal. 1991-2013 2013
595 Ingressos por Outras Formas Feminino - Estadual Número total de ingressos, em cursos preseciais, por outras formas do sexo feminino na rede estadual. 1991-2013 2013
596 Ingressos por Outras Formas Feminino - Municipal Número total de ingressos, em cursos preseciais, por outras formas do sexo feminino na rede municipal. 1991-2013 2013
597 Ingressos por Outras Formas Feminino - Particular Número total de ingressos, em cursos preseciais, por outras formas do sexo feminino na rede particular. 1991-2013 2013
598 Ingressos por Outras Formas Feminino - Comunitária/Confessional/Filantrópica Número total de ingressos, em cursos preseciais, por outras formas do sexo feminino na rede comunitária/confessional/filantrópica. 1991-2010 2010
599 Docentes - Federal Corresponde ao total de pessoas em atividades docentes em sala de aula, no ensino pré-escolar, no ensino fundamental e no ensino médio Um docente pode lecionar em mais de um grau/modalidade de ensino. 2002-2019 2019
600 Docentes - Estadual Corresponde ao total de pessoas em atividades docentes em sala de aula, no ensino pré-escolar, no ensino fundamental e no ensino médio Um docente pode lecionar em mais de um grau/modalidade de ensino. 2002-2019 2019
601 Docentes - Municipal Corresponde ao total de pessoas em atividades docentes em sala de aula, no ensino pré-escolar, no ensino fundamental e no ensino médio Um docente pode lecionar em mais de um grau/modalidade de ensino. 2002-2019 2019
602 Docentes - Particular Corresponde ao total de pessoas em atividades docentes em sala de aula, no ensino pré-escolar, no ensino fundamental e no ensino médio Um docente pode lecionar em mais de um grau/modalidade de ensino. 2002-2019 2019
603 Estabelecimentos de Ensino - Federal Apresenta o número de estabelecimentos federais de ensino. A soma de estabelecimentos de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2002-2019 2019
604 Estabelecimentos de Ensino - Estadual Apresenta o número de estabelecimentos estaduais de ensino. A soma de estabelecimentos de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2002-2019 2019
605 Estabelecimentos de Ensino - Municipal Apresenta o número de estabelecimentos municipais de ensino. A soma de estabelecimentos de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2002-2019 2019
606 Estabelecimentos de Ensino - Particular Apresenta o número de estabelecimentos particulares de ensino. A soma de estabelecimentos de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2002-2019 2019
607 Salas de Aula Existentes - Federal A soma de salas de aula existentes nos estabelecimentos federais de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2002-2019 2019
608 Salas de Aula Existentes - Estadual A soma de salas de aula existentes nos estabelecimentos estaduais de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2002-2019 2019
609 Salas de Aula Existentes - Municipal A soma de salas de aula existentes nos estabelecimentos municipais de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2002-2019 2019
610 Salas de Aula Existentes - Particular A soma de salas de aula existentes nos estabelecimentos particulares de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2002-2016/2019 2019
611 Empregos - Extrativa Mineral É o número de empregos (postos de trabalho), no setor da extrativa mineral, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
612 Empregos - Indústria de Produtos Minerais não Metálicos É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria de produtos minerais não metálicos, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
613 Empregos - Indústria Metalúrgica É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria metalúrgica, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
614 Empregos - Indústria Mecânica É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria mecânica, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
615 Empregos - Indústria de Materiais Elétricos e de Comunicação É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria de materiais elétricos e de comunicação, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
616 Empregos - Indústria de Materiais de Transporte É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria de materiais de transporte, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
617 Empregos - Indústria da Madeira e do Mobiliário É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria da madeira e do mobiliário, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
618 Empregos - Indústria do Papel, Papelão, Editorial e Gráfica É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria do papel, papelão, editorial e gráfica, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
619 Empregos - Indústria da Borracha, Fumo, Couros, Peles, Produtos Similares e Indústria Diversa É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria da borracha, fumo, couros, peles, produtos similares e indústria diversa, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
620 Empregos - Indústria Química, Produtos Farmacêuticos, Veterinários, Perfumaria, Sabões, Velas e Matérias Plásticas É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria química, produtos farmacêuticos, veterinários, perfumaria, sabões, velas e matérias plásticas, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
621 Empregos - Indústria Têxtil, do Vestuário e Artefatos de Tecidos É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria têxtil, do vestuário e artefatos de tecidos, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
622 Empregos - Indústria de Calçados É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria de calçados, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
623 Empregos - Indústria de Produtos Alimentícios, de Bebida e Álcool Etílico É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor da indústria de produtos alimentícios, de bebida e álcool etílico, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
624 Empregos - Serviços Industriais de Utilidade Pública É o número de empregos (postos de trabalho), no setor de serviços industriais de utilidade pública, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
625 Empregos - Construção Civil É o número de empregos (postos de trabalho), no setor da construção civil, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
626 Empregos - Comércio Varejista É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor do comércio varejista, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
627 Empregos - Comércio Atacadista É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor do comércio atacadista, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
628 Empregos - Instituições de Crédito, Seguro e de Capitalização É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor das instituições de crédito, seguro e de capitalização, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
629 Empregos - Administradoras de Imóveis, Valores Mobiliários, Serviços Técnicos Profissionais, Auxiliar de Atividade Econômica É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor das administradoras de imóveis, valores mobiliários, serviços técnicos profissionais, auxiliar de atividade econômica, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
630 Empregos - Transporte e Comunicações É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor de transporte e comunicações, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
631 Empregos - Serviços de Alojamento, Alimentação, Reparo, Manutenção, Radiodifusão e Televisão É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor de serviços de alojamento, alimentação, reparo, manutenção, radiodifusão e televisão, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
632 Empregos - Serviços Médicos, Odontológicos e Veterinários É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor de serviços médicos, odontológicos e veterinários, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
633 Empregos - Ensino É o número de empregos (postos de trabalho), no sub-setor de ensino, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
634 Empregos - Administração Pública Direta e Indireta É o número de empregos (postos de trabalho), no setor da administração pública direta e indireta, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
635 Empregos - Agricultura, Silvicultura, Criação de Animais, Extração Vegetal e Pesca É o número de empregos (postos de trabalho), no setor da agricultura, silvicultura, criação de animais, extração vegetal e pesca, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 1999-2018 2018
636 População Estimada - 80 anos ou mais A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
637 População Estimada - idade ignorada A estimativa da população municipal é realizada anualmente pelo IBGE para atender a requisitos de dados do Tribunal de Contas da União. Baseia-se no Método de Tendência, desenvolvido por MADEIRA e SIMÕES. Refere-se a população total estimada, residentes em 01/07. 2001-2006/2008-2009 2009
638 Agência de Correios (Próprias) É a unidade de atendimento própria que oferece todos os produtos e serviços da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT). 2005/2012 2012
639 Agência de Correios Comunitária É a unidade de atendimento destinada a viabilizar a prestação de serviços postais básicos, em pequenas localidades com população superior a quinhentos habitantes, bem como em áreas urbanas onde predomine o interesse social. 2005/2012 2012
640 Agência de Correios Franqueada É a unidade de atendimento destinada a proporcionar a utilização dos serviços e/ou venda de selos e outros produtos oferecidos pela Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (ECT), através do Sistema de "Franchising" devendo ser instalada em localidades já atendidas por pelo menos uma agência própria da ECT. 2005/2012 2012
641 Agência Filatélica É a unidade de atendimento destinada exclusivamente à venda de selos (filatelia). 2005/2012 2012
642 Financiamentos à Agricultura - Contratos - Total Número de contratos dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de custeio, investimento e comercialização nas atividades agrícolas. 1999-2019 2019
643 Financiamentos à Agricultura - Valor - Total Valor dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de custeio, investimento e comercialização nas atividades agrícolas. 1999-2019 2019
644 Financiamentos à Agricultura - Custeio - Contratos Número de contratos dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de custeio nas atividades agrícolas. 1999-2019 2019
645 Financiamentos a Agricultura - Custeio - Valor Valor dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de custeio nas atividades agrícolas. 1999-2019 2019
646 Financiamentos à Agricultura - Investimentos - Contratos Número de contratos dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de investimento nas atividades agrícolas. 1999-2019 2019
647 Financiamentos à Agricultura - Investimentos - Valor Valor dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de investimento nas atividades agrícolas. 1999-2019 2019
648 Financiamentos à Agricultura - Comercialização - Contratos Número de contratos dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de comercialização nas atividades agrícolas. 1999-2019 2019
649 Financiamentos à Agricultura - Comercialização - Valor Valor dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de comercialização nas atividades agrícolas. 1999-2019 2019
650 Financiamentos à Pecuária - Contratos - Total Número de contratos dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de custeio, investimento e comercialização nas atividades pecuárias. 1999-2019 2019
651 Financiamentos à Pecuária - Valor Valor dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de custeio, investimento e comercialização nas atividades pecuárias. 1999-2019 2019
652 Financiamentos à Pecuária - Custeio - Contratos Número de contratos dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de custeio nas atividades pecuárias. 1999-2019 2019
653 Financiamentos à Pecuária - Custeio - Valor Valor dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de custeio nas atividades pecuárias. 1999-2019 2019
654 Financiamentos à Pecuária - Investimentos - Contratos Número de contratos dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de investimento nas atividades pecuárias. 1999-2019 2019
655 Financiamentos à Pecuária - Investimentos - Valor Valor dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de investimento nas atividades pecuárias. 1999-2019 2019
656 Financiamentos à Pecuária - Comercialização - Contratos Número de contratos dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de comercialização nas atividades pecuárias. 1999-2019 2019
657 Financiamentos à Pecuária - Comercialização - Valor Valor dos financiamentos concedidos por instituições financeiras públicas e privadas, pertencentes ao Sistema Nacional de Crédito Rural (SNCR), a produtores e cooperativas de produtores, para fins de comercialização nas atividades pecuárias. 1999-2019 2019
658 Despesas Municipais por Função - Total Geral É a soma das despesas municipais por função mais as despesas intraorçamentárias. 2002-2014 2014
659 Despesas Municipais por Função - Legislativa Despesas decorrentes do funcionamento dos órgãos do Poder Legislativo e da Fiscalização Financeira e Orçamentária exercido pelo Poder Legislativo em órgãos externos a ele. 2002-2014 2014
660 Despesas Municipais por Função - Judiciária Despesas decorrentes da defesa e acompanhamento dos interesses da sociedade e do poder público através do processo judiciário. 2002-2014 2014
661 Despesas Municipais por Função - Essencial à Justiça Despesas decorrentes das ações voltadas ao essencial à justiça. 2002-2014 2014
662 Despesas Municipais por Função - Administração Congrega as ações que visam a junção de recursos humanos, materiais, financeiros, técnicos, científicos e institucionais, com vistas a atender as metas governamentais; administração financeira que congrega as ações de captação, aplicação, orientação e controle dos recursos financeiros. 2002-2014 2014
663 Despesas Municipais por Função - Defesa Nacional Despesas decorrentes das ações voltadas para a defesa nacional. 2002-2014 2014
664 Despesas Municipais por Função - Segurança Pública Despesas decorrentes das ações voltadas para a garantia da segurança pública. 2002-2014 2014
665 Despesas Municipais por Função - Relações Exteriores Despesas decorrentes das ações voltadas para as relações exteriores. 2002-2014 2014
666 Despesas Municipais por Função - Assistência Social Despesas decorrentes das ações voltadas para a assistência social. 2002-2014 2014
667 Despesas Municipais por Função - Previdência Social Despesas decorrentes das ações voltadas para a previdência social. 2002-2014 2014
668 Despesas Municipais por Função - Saúde Refere-se à despesa municipal total realizada com ações e serviços públicos de saúde. 2002-2014 2014
669 Despesas Municipais por Função - Trabalho Despesas decorrentes das ações visando a promoção da força do trabalho, através dos programas: segurança, higiene e medicina do trabalho e relações do trabalho. 2002-2014 2014
670 Despesas Municipais por Função - Educação Despesas decorrentes das ações voltadas para a educação. 2002-2014 2014
671 Despesas Municipais por Função - Cultura Despesas decorrentes das ações voltadas para a cultura. 2002-2014 2014
672 Despesas Municipais por Função - Direitos da Cidadania Despesas decorrentes das ações voltadas para os direitos da cidadania. 2002-2014 2014
673 Despesas Municipais por Função - Urbanismo Despesas decorrentes das ações voltadas para o urbanismo. 2002-2014 2014
674 Despesas Municipais por Função - Habitação Despesas decorrentes das ações voltadas para a habitação. 2002-2014 2014
675 Despesas Municipais por Função - Saneamento Despesas decorrentes das ações visando o abastecimento de água, a destinação dos esgotos domésticos e dos dejetos industriais e a melhoria das condições sanitárias da população. 2002-2014 2014
676 Despesas Municipais por Função - Gestão Ambiental Despesas decorrentes das ações voltadas para as medidas de proteção ao meio ambiente. 2002-2014 2014
677 Despesas Municipais por Função - Ciência e Tecnologia Despesas decorrentes das ações voltadas para a ciência e tecnologia. 2002-2014 2014
678 Despesas Municipais por Função - Agricultura Despesas decorrentes das ações voltadas para os seguintes programas: produção vegetal; produção animal; abastecimento; preservação de recursos naturais renováveis; promoção e extensão rural. 2002-2014 2014
679 Despesas Municipais por Função - Organização Agrária Despesa decorrente das ações voltada para a organização agrária. 2002-2014 2014
680 Despesas Municipais por Função - Indústria Despesas decorrentes das ações voltadas para a indústria. 2002-2014 2014
681 Despesas Municipais por Função - Comércio e Serviços Despesas decorrentes das ações voltadas para o comércio e serviços. 2002-2014 2014
682 Despesas Municipais por Função - Comunicações Despesas decorrentes de ações voltadas para os programas de comunicações postais e telecomunicações. 2002-2014 2014
683 Despesas Municipais por Função - Energia Despesas decorrentes das ações voltadas para a energia. 2002-2014 2014
684 Despesas Municipais por Função - Transporte Despesas decorrentes de ações voltadas à infraestrutura e usos dos diversos meios de transporte, envolvendo os seguintes programas: transporte áereo; transporte rodoviário; transporte ferroviário; transporte hidroviário; transporte urbano e corredores de transporte. 2002-2014 2014
685 Despesas Municipais por Função - Desporto e Lazer Despesas decorrentes das ações voltadas para o desporto e lazer. 2002-2014 2014
686 Despesas Municipais por Função - Encargos Especiais Despesas decorrentes das ações voltadas para os encargos especiais. 2002-2014 2014
687 Salas de Aula Utilizadas - Total A soma de salas de aula utilizadas nos estabelecimentos de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2008-2019 2019
688 Salas de Aula Utilizadas - Federal A soma de salas de aula utilizadas nos estabelecimentos federais de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2008-2019 2019
689 Salas de Aula Utilizadas - Estadual A soma de salas de aula utilizadas nos estabelecimentos estaduais de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2008-2019 2019
690 Salas de Aula Utilizadas - Municipal A soma de salas de aula utilizadas nos estabelecimentos municipais de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2008-2019 2019
691 Salas de Aula Utilizadas - Particular A soma de salas de aula utilizadas nos estabelecimentos particulares de ensino pré-escolar, fundamental e médio. 2008-2019 2019
692 IDM Economia A dimensão Economia do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Economia) é calculada por meio de média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10 das seguintes variáveis: Valor adicionado (renda gerada) do setor agropecuário; Valor Adicionado do setor industrial; Valor Adicionado do setor de serviços; PIB per capita - soma dos bens e serviços finais produzidos no município dividida pelo número de habitantes; Evolução do PIB nos dois anos anteriores - medida de avaliação do crescimento da economia; e Percentual dos recursos próprios do município na composição da receita total - medida de independência financeira/tributária do município. 2012/2014/2016/2018 2018
693 Setor agropecuário 2012/2014/2016/2018 2018
694 Setor industrial 2012/2014/2016/2018 2018
695 Setor de Serviços 2012/2014/2016/2018 2018
696 PIB per capita 2012/2014/2016/2018 2018
697 Evolução do PIB 2012/2014/2016/2018 2018
698 Recursos próprios 2012/2014/2016/2018 2018
699 IDM Educação A dimensão Educação do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Educação) é calculada por meio de média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10, entre quatro indicadores referentes aos seguintes aspectos: infraestrutura dos prédios das escolas públicas urbanas (energia elétrica, abastecimento de água, coleta de esgoto e sanitário dentro do prédio escolar); Atendimento educacional da população de 4 a 5 anos (pré-escola); Atendimento educacional da população de 6 a 14 anos (ensino fundamental); Atendimento educacional da população de 15 a 17 anos (ensino médio); Professores com formação na disciplina que leciona; Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) - 5º ano do Ensino Fundamental; Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) - 9º ano do Ensino Fundamental. 2012/2014/2016/2018 2018
700 Infraestrutura dos prédios das escolas públicas urbanas 2012/2014/2016/2018 2018
701 Adequação dos professores do ensino infantil 2012/2014/2016/2018 2018
702 IDEB 5º ano 2012/2014/2016/2018 2018
703 IDEB 9º ano 2012/2014/2016/2018 2018
704 Atendimento educacional da população de 4 a 5 anos 2012/2014/2016/2018 2018
705 Atendimento educacional da população de 6 a 14 anos 2012/2014/2016/2018 2018
706 Atendimento educacional da população de 15 a 17 anos 2012/2014/2016/2018 2018
707 IDM Infraestrutura A dimensão Infraestrutura do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Infraestrutura) é calculada por meio de média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10 das variáveis relativas à cobertura dos domicílios pela: Rede de energia elétrica - Percentual de domicílios que tem acesso à rede de energia elétrica; Rede de água - Percentual de domicílios urbanos que tem acesso à rede de água tratada; Rede de esgoto - Percentual de domicílios urbanos que dispõem de escoadouro por meio de rede de esgoto; e Rede de telefonia fixa e internet - Percentual de domicílios que tem acesso à rede de telefonia fixa e internet. 2012/2014/2016/2018 2018
708 Cobertura da rede de energia elétrica 2012/2014/2016/2018 2018
709 Cobertura da rede de água tratada 2012/2014/2016/2018 2018
710 Cobertura da rede de esgoto 2012/2014/2016/2018 2018
711 Cobertura da rede de telefonia fixa e internet 2012/2014/2016/2018 2018
712 IDM Saúde A dimensão Saúde do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Saúde) foi calculada por meio da média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10 das seguintes variáveis: Leitos hospitalares da rede SUS por mil hab.; Médicos da rede SUS por mil hab.; Acompanhamento Pré-natal - Percentual de gestantes com sete ou mais consultas de pré-natal; Cobertura do Programa Saúde da Família por 4 mil hab.; Cobertura do Programa Saúde da Família - Saúde Bucal por 3.450 hab.; Mortalidade Infantil - óbitos de crianças menores de 1 ano; Mortalidade por causas externas (acidentes ou violência); e Cobertura vacinal tetravalente- Percentual de crianças vacinadas contra difteria, coqueluche, tétano e haemophilus influenze tipo b - 3ª dose. 2012/2014/2016/2018 2018
713 Leitos SUS por 1.000 hab. 2012/2014/2016/2018 2018
714 Médicos SUS por 1.000 hab. 2012/2014/2016/2018 2018
715 Prenatal c/ 7 consultas 2012/2014/2016/2018 2018
716 Cobertura ESF 2012/2014/2016/2018 2018
717 Cobertura ESF - Saúde Bucal 2012/2014/2016/2018 2018
718 Mortalidade Infantil 2012/2014/2016/2018 2018
719 Morte por causas externas (violentas) 2012/2014/2016/2018 2018
720 Cobertura Vacinal tetravalente 2012/2014/2016/2018 2018
721 IDM Segurança A dimensão Segurança do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Segurança) foi calculada por meio da média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10 das variáveis relativas ao número de ocorrências dos seguintes tipos de crimes: Crimes contra a dignidade sexual - ocorrências a cada 100 mil hab.; Crimes contra a pessoa - ocorrências a cada 100 mil hab.; Crimes contra o patrimônio - ocorrências a cada 100 mil hab.; Contravenções penais (porte ilegal de armas, estatuto do desarmamento e posse de drogas para consumo próprio) - ocorrências por 100 mil hab. e Tráfico de drogas - ocorrências a cada 100 mil hab. 2012/2014/2016/2018 2018
722 Crimes contra a dignidade sexual 2012/2014/2016/2018 2018
723 Crimes contra a pessoa 2012/2014/2016/2018 2018
724 Crimes contra o patrimônio 2012/2014/2016/2018 2018
725 Contravenções penais 2012/2014/2016/2018 2018
726 Tráfico de drogas 2012/2014/2016/2018 2018
727 IDM Trabalho A dimensão Trabalho do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Trabalho) foi calculada por meio de média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10 das seguintes variáveis: Empregos formais entre a população de 18 a 64 anos - nível de formalização do mercado de trabalho da população em idade ativa; Remuneração média dos trabalhadores - nível de remuneração média do mercado formal de trabalho; Nível de escolaridade dos trabalhadores do mercado formal - trabalhadores com formação de nível médio ou superior; e Variação do número de empregos formais - Evolução dos postos de trabalho formais nos dois últimos anos. 2012/2014/2016/2018 2018
728 Empregos formais 2012/2014/2016/2018 2018
729 Remuneração mediana 2012/2014/2016/2018 2018
730 Nível de escolaridade dos trabalhadores 2012/2014/2016/2018 2018
731 Variação do número de empregos formais 2012/2014/2016/2018 2018
732 IDM Geral 2012/2014/2016/2018 2018
733 IDM Economia A dimensão Economia do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Economia) é calculada por meio de média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10 das seguintes variáveis: Valor adicionado (renda gerada) do setor agropecuário; Valor Adicionado do setor industrial; Valor Adicionado do setor de serviços; PIB per capita - soma dos bens e serviços finais produzidos no município dividida pelo número de habitantes; Evolução do PIB nos dois anos anteriores - medida de avaliação do crescimento da economia; e Percentual dos recursos próprios do município na composição da receita total - medida de independência financeira/tributária do município. 2012/2014/2016/2018 2018
734 IDM Educação A dimensão Educação do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Educação) é calculada por meio de média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10, entre quatro indicadores referentes aos seguintes aspectos: infraestrutura dos prédios das escolas públicas urbanas (energia elétrica, abastecimento de água, coleta de esgoto e sanitário dentro do prédio escolar); Atendimento educacional da população de 4 a 5 anos (pré-escola); Atendimento educacional da população de 6 a 14 anos (ensino fundamental); Atendimento educacional da população de 15 a 17 anos (ensino médio); Professores com formação na disciplina que leciona; Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) - 5º ano do Ensino Fundamental; Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (IDEB) - 9º ano do Ensino Fundamental. 2012/2014/2016/2018 2018
735 IDM Infraestrutura A dimensão Infraestrutura do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Infraestrutura) é calculada por meio de média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10 das variáveis relativas à cobertura dos domicílios pela: Rede de energia elétrica - Percentual de domicílios que tem acesso à rede de energia elétrica; Rede de água - Percentual de domicílios urbanos que tem acesso à rede de água tratada; Rede de esgoto - Percentual de domicílios urbanos que dispõem de escoadouro por meio de rede de esgoto; e Rede de telefonia fixa e internet - Percentual de domicílios que tem acesso à rede de telefonia fixa e internet. 2012/2014/2016/2018 2018
736 IDM Saúde A dimensão Saúde do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Saúde) foi calculada por meio da média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10 das seguintes variáveis: Leitos hospitalares da rede SUS por mil hab.; Médicos da rede SUS por mil hab.; Acompanhamento Pré-natal - Percentual de gestantes com sete ou mais consultas de pré-natal; Cobertura do Programa Saúde da Família por 4 mil hab.; Cobertura do Programa Saúde da Família - Saúde Bucal por 3.450 hab.; Mortalidade Infantil - óbitos de crianças menores de 1 ano; Mortalidade por causas externas (acidentes ou violência); e Cobertura vacinal tetravalente- Percentual de crianças vacinadas contra difteria, coqueluche, tétano e haemophilus influenze tipo b - 3ª dose. 2012/2014/2016/2018 2018
737 IDM Segurança A dimensão Segurança do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Segurança) foi calculada por meio da média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10 das variáveis relativas ao número de ocorrências dos seguintes tipos de crimes: Crimes contra a dignidade sexual - ocorrências a cada 100 mil hab.; Crimes contra a pessoa - ocorrências a cada 100 mil hab.; Crimes contra o patrimônio - ocorrências a cada 100 mil hab.; Contravenções penais (porte ilegal de armas, estatuto do desarmamento e posse de drogas para consumo próprio) - ocorrências por 100 mil hab. e Tráfico de drogas - ocorrências a cada 100 mil hab. 2012/2014/2016/2018 2018
738 IDM Trabalho A dimensão Trabalho do Índice de Desempenho dos Municípios (IDM-Trabalho) foi calculada por meio de média aritmética simples dos scores padronizados de 0 a 10 das seguintes variáveis: Empregos formais entre a população de 18 a 64 anos - nível de formalização do mercado de trabalho da população em idade ativa; Remuneração média dos trabalhadores - nível de remuneração média do mercado formal de trabalho; Nível de escolaridade dos trabalhadores do mercado formal - trabalhadores com formação de nível médio ou superior; e Variação do número de empregos formais - Evolução dos postos de trabalho formais nos dois últimos anos. 2012/2014/2016/2018 2018
739 Produção de Alumínio Produção de Alumínio 2011-2016 2016
740 Produção de Talco Produção de Talco 2011/2015 2015
741 IDEB - Ensino Fundamental - Anos Iniciais - Rede Municipal Ideb - foi criado em 2007 e representa a iniciativa de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade de ensino: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. o resultado foi calculado até a 4ª série ou até o 5º ano para a rede municipal. OBSERVAÇÃO Em relação ao ano de 2011: * número de participantes na Prova Brasil insuficiente para que os resultados sejam divulgados; ** solicitação de não divulgação conforme Portaria INEP nº 410; *** sem média na Prova Brasil 2011. 2005/2007/2009/2011/2013/2015/2017 2017
742 IDEB - Ensino Fundamental - Anos Iniciais - Rede Estadual Ideb - foi criado em 2007 e representa a iniciativa de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade de ensino: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. o resultado foi calculado até a 4ª série ou até o 5º ano para a rede estadual. OBSERVAÇÃO Em relação ao ano de 2011: * número de participantes na Prova Brasil insuficiente para que os resultados sejam divulgados; ** solicitação de não divulgação conforme Portaria INEP nº 410; *** sem média na Prova Brasil 2011. 2005/2007/2009/2011/2013/2015/2017 2017
743 IDEB - Ensino Fundamental - Anos Iniciais - Rede Federal Ideb - foi criado em 2007 e representa a iniciativa de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade de ensino: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. o resultado foi calculado até a 4ª série ou até o 5º ano para a rede federal. OBSERVAÇÃO Em relação ao ano de 2011: * número de participantes na Prova Brasil insuficiente para que os resultados sejam divulgados; ** solicitação de não divulgação conforme Portaria INEP nº 410; *** sem média na Prova Brasil 2011. 2005/2007/2009/2011/2013/2015/2017 2017
744 IDEB - Ensino Fundamental - Anos Iniciais - Rede Pública Ideb - foi criado em 2007 e representa a iniciativa de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade de ensino: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. o resultado foi calculado até a 4ª série ou até o 5º ano para a rede pública (municipal e estadual). OBSERVAÇÃO Em relação ao ano de 2011: * número de participantes na Prova Brasil insuficiente para que os resultados sejam divulgados; ** solicitação de não divulgação conforme Portaria INEP nº 410; *** sem média na Prova Brasil 2011. 2005/2007/2009/2011/2013/2015/2017 2017
745 IDEB - Ensino Fundamental - Anos Finais - Rede Municipal Ideb - foi criado em 2007 e representa a iniciativa de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade de ensino: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. O resultado foi calculado da 5ª até 8ª série ou do 6° até 9° ano para a rede municipal. OBSERVAÇÃO Em relação ao ano de 2011: * número de participantes na Prova Brasil insuficiente para que os resultados sejam divulgados; ** solicitação de não divulgação conforme Portaria INEP nº 410; *** sem média na Prova Brasil 2011. 2005/2007/2009/2011/2013/2015/2017 2017
746 IDEB - Ensino Fundamental - Anos Finais - Rede Estadual Ideb - foi criado em 2007 e representa a iniciativa de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade de ensino: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. O resultado foi calculado da 5ª até 8ª série ou do 6° até 9° ano para a rede estadual. OBSERVAÇÃO Em relação ao ano de 2011: * número de participantes na Prova Brasil insuficiente para que os resultados sejam divulgados; ** solicitação de não divulgação conforme Portaria INEP nº 410; *** sem média na Prova Brasil 2011. 2005/2007/2009/2011/2013/2015/2017 2017
747 IDEB - Ensino Fundamental - Anos Finais - Rede Federal Ideb - foi criado em 2007 e representa a iniciativa de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade de ensino: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. o resultado foi calculado da 5ª até 8ª série ou do 6° até 9° ano para a rede federal. OBSERVAÇÃO Em relação ao ano de 2011: * número de participantes na Prova Brasil insuficiente para que os resultados sejam divulgados; ** solicitação de não divulgação conforme Portaria INEP nº 410; *** sem média na Prova Brasil 2011. 2005/2007/2009/2011/2013/2015/2017 2017
748 IDEB - Ensino Fundamental - Anos Finais - Rede Pública Ideb - foi criado em 2007 e representa a iniciativa de reunir num só indicador dois conceitos igualmente importantes para a qualidade de ensino: fluxo escolar e médias de desempenho nas avaliações. o resultado foi calculado da 5ª até 8ª série ou do 6° até 9° ano para a rede pública (municipal e estadual). OBSERVAÇÃO Em relação ao ano de 2011: * número de participantes na Prova Brasil insuficiente para que os resultados sejam divulgados; ** solicitação de não divulgação conforme Portaria INEP nº 410; *** sem média na Prova Brasil 2011. 2005/2007/2009/2011/2013/2015/2017 2017
749 Produção Agrícola - Jabuticaba - Área Colhida É a parcela da área plantada de Jabuticaba que foi realmente colhida durante o ano-base do levantamento. 2012-2017 2017
750 Produção Agrícola - Jabuticaba - Quantidade Produzida É a quantidade produzida de Jabuticaba no ano-base do levantamento. 2012-2017 2017
751 Acidentes de Trânsito - Total Evento ocorrido na via pública, inclusive calçadas, decorrente do trânsito de veículos e pessoas, que resulta em danos humanos e materiais. Compreende: colisões entre veículos, choque com objetos fixos, capotamentos, tombamentos, atropelamentos, queda de ciclistas, etc. Ocorrência fortuita ou danosa, envolvendo veículos em circulação, ou parados, respectivos ocupantes, pedestres e objetos móveis ou fixos. 2008-2012 2012
752 Acidentes de Trânsito com Vítimas - Total Ocorrência fortuita ou danosa, envolvendo veículos em circulação, ou parados, respectivos ocupantes, pedestres e objetos móveis ou fixos, com vítimas (com ferido(s), porém sem morte). 2008-2012 2012
753 Acidentes de Trânsito com Vítimas - Colisão e Abalroamento Ocorrência fortuita ou danosa, envolvendo veículos em circulação, ou parados, respectivos ocupantes, pedestres e objetos móveis ou fixos, com vítimas por colisão e/ou abalroamento (choque entre dois ou mais veículos ou com objeto fixo). 2008-2012 2012
754 Acidentes de Trânsito com Vítimas - Atropelamento Ocorrência fortuita ou danosa, envolvendo veículos em circulação, ou parados, respectivos ocupantes, pedestres e objetos móveis ou fixos, com vítimas por atropelamento. 2008-2012 2012
755 Acidentes de Trânsito com Vítimas - Outros Ocorrência fortuita ou danosa, envolvendo veículos em circulação, ou parados, respectivos ocupantes, pedestres e objetos móveis ou fixos, com vítimas por outro tipo de natureza do acidente, podendo ser por capotamento, choque com objeto fixo, tombamento, atropelamento animal, etc. 2008-2012 2012
756 Acidentes de Trânsito sem Vítima - Total Ocorrência fortuita ou danosa, envolvendo veículos em circulação, ou parados, respectivos ocupantes, pedestres e objetos móveis ou fixos, sem vítimas (mortos ou feridos). 2008-2012 2012
757 Vítimas em Acidentes de Trânsito - Total Número total de pessoas envolvidas em acidentes de trânsito com danos humanos: feridos (sem morte) e/ou fatais (com pelo menos uma morte). 2008-2012 2012
758 Vítimas em Acidentes de Trânsito - Feridos Leves Número total de pessoas que sofreram ferimentos leves em acidentes de trânsito. 2008-2012 2012
759 Vítimas em Acidentes de Trânsito - Feridos Graves Número total de pessoas feridas gravemente em acidentes de trânsito, porém sem morte. 2008-2012 2012
760 Vítimas em Acidentes de Trânsito - Morte no Local Número total de pessoas envolvidas em acidentes de trânsito fatal, com pelo menos uma morte no local. 2008-2012 2012
761 Vítimas em Acidentes de Trânsito - Morte Posterior Número total de pessoas envolvidas em acidentes de trânsito, com pelo menos uma morte após o acidente. 2008-2012 2012
762 Frota de Veículos - Total Conjunto de veículos pertencentes a um local (município, estado, país) ou a uma empresa. São todos os veículos cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
763 Frota de Veículos - Automóvel Veículo automotor destinado ao transporte de passageiros, com capacidade para até oito pessoas, exclusive o condutor. São todos os veículos do tipo automóvel, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
764 Frota de Veículos - Caminhão Veículo automotor, de 8 ou mais rodas, utilizado, na maioria das vezes, para transporte de mercadorias. São todos os veículos do tipo caminhão, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
765 Frota de Veículos - Caminhão Trator Veículo automotor destinado a tracionar ou arrastar outro veículo. São todos os veículos do tipo caminhão trator, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
766 Frota de Veículos - Caminhonete Veículo destinado ao transporte de carga com peso bruto total de até 3,5 toneladas (três mil e quinhentos quilogramas). São todos os veículos do tipo caminhonete, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
767 Frota de Veículos - Camioneta Veículo misto destinado ao transporte de passageiros e carga no mesmo compartimento. São todos os veículos do tipo camioneta, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
768 Frota de Veículos - Ciclomotor Veículo de duas ou três rodas, provido de um motor de combustão interna, cuja cilindrada não exceda a 50 cm3 (3,05 polegadas cúbicas) e cuja velocidade máxima de fabricação não exceda a 50 km/h. São todos os veículos do tipo ciclomotor, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
769 Frota de Veículos - Micro-Ônibus Veículo automotor de transporte coletivo com capacidade para até vinte passageiros. São todos os veículos do tipo micro-ônibus, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
770 Frota de Veículos - Motocicleta Veículo automotor de duas rodas, com ou sem side-car, dirigido por condutor em posição montada. São todos os veículos do tipo motocicleta, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
771 Frota de Veículos - Motoneta Veículo automotor de duas rodas, dirigido por condutor em posição sentada. São todos os veículos do tipo motoneta, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
772 Frota de Veículos - Ônibus Veículo automotor de transporte coletivo com capacidade para mais de vinte passageiros, ainda que, em virtude de adaptações com vista à maior comodidade destes, transporte, as vezes, número menor. São todos os veículos do tipo ônibus, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
773 Frota de Veículos - Reboque Veículo destinado a ser engatado atrás de um veículo automotor. São todos os veículos do tipo reboque, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
774 Frota de Veículos - Semi Reboque Veículo de um ou mais eixos que se apóia na sua unidade tratora ou é a ela ligado por meio de articulação. São todos os veículos do tipo semi reboque, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
775 Frota de Veículos - Trator Rodas Veículo automotor construído para realizar trabalho agrícola, de construção e pavimentação e tracionar outros veículos e equipamentos. São todos os veículos do tipo trator de rodas, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
776 Frota de Veículos - Triciclo Um triciclo é um veículo de três rodas, motorizado ou por tração humana. São todos os veículos do tipo triciclo, cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
777 Frota de Veículos - Outros Incluído como outros tipos: motor casa (veículo automotor cuja carroceria seja fechada e destinada a alojamento, escritório, comércio ou finalidades análogas); side-car (veículo ligado lateralmente a uma motocicleta ou a uma bicicleta; trator misto (veículo automotor construído para realizar trabalho agrícola, de construção e pavimentação e tracionar outros veículos e equipamentos) e utilitário (veículo misto caracterizado pela versatilidade do seu uso, inclusive fora de estrada). São todos os veículos de outros tipos (motor casa, side-car, trator misto e utilitário), cadastrados no Estado. 2008-2019 2019
778 Arrecadação corresponde ao valor dos recolhimentos provenientes de todas as receitas incluídas nas Guias da Previdência Social - GPS, de janeiro a dezembro de cada ano. Abrangem receitas de contribuições sociais, débitos e parcelamentos, patrimoniais, devolução de benefícios, reclamatória trabalhista e outros. Estes dados correspondem à rubrica 11 da GPS, que inclui contribuições relativas a outras entidades (SESC, INCRA, Salário-Educação) e os acréscimos legais (atualização monetária, juros e multas). 2000-2017 2017
779 Quantidade de Benefícios Emitidos em Dezembro corresponde à quantidade de créditos emitidos, em dezembro de cada ano, pelo Instituto Nacional de Previdência Social - INSS para pagamento de benefícios do Regime Geral de Previdência Social, Encargos Previdenciários da União e Amparos Assistenciais previstos na Lei Orgânica da Assistência Social - LOAS, classificados de acordo com o município do órgão pagador e clientela (urbana ou rural). 2000-2019 2019
780 Valor dos Benefícios Emitidos em Dezembro corresponde ao valor líquido (diferença entre valor bruto e descontos), em dezembro de cada ano, dos créditos emitidos pelo Instituto Nacional de Previdência Social - INSS para pagamento de benefícios do Regime Geral de Previdência Social, Encargos Previdenciários da União e Amparos Assistenciais, classificados de acordo com o município do órgão pagador e clientela. 2000-2019 2019
781 Valor dos Benefícios Emitidos no ano corresponde ao valor líquido (diferença entre valor bruto e descontos), de janeiro a dezembro de cada ano, dos créditos emitidos pelo Instituto Nacional de Previdência Social - INSS para pagamento de benefícios do Regime Geral de Previdência Social, Encargos Previdenciários da União e Amparos Assistenciais, classificados de acordo com o município do órgão pagador e clientela. 2000-2019 2019
782 Esperança de Vida ao Nascer Número médio de anos que as pessoas deverão viver a partir do nascimento, se permanecerem constantes ao longo da vida o nível e o padrão de mortalidade por idade prevalecentes no ano do Censo. 1991/2000/2010 2010
783 Rendimento Médio - Extrativa Mineral É determinado pela divisão da massa salarial pelo número de empregos na atividade. 2010-2018 2018
784 Rendimento Médio - Indústria de Transformação É determinado pela divisão da massa salarial pelo número de empregos na atividade. 2010-2018 2018
785 Rendimento Médio - Serviços Industriais de Utilidade Pública É determinado pela divisão da massa salarial pelo número de empregos na atividade. 2010-2018 2018
786 Rendimento Médio - Construção Civil É determinado pela divisão da massa salarial pelo número de empregos na atividade. 2010-2018 2018
787 Rendimento Médio - Comércio É determinado pela divisão da massa salarial pelo número de empregos na atividade. 2010-2018 2018
788 Rendimento Médio - Serviços É determinado pela divisão da massa salarial pelo número de empregos na atividade. 2010-2018 2018
789 Rendimento Médio - Administração Pública É determinado pela divisão da massa salarial pelo número de empregos na atividade. 2010-2018 2018
790 Rendimento Médio - Agropecuária, Extração Vegetal, Caça e Pesca É determinado pela divisão da massa salarial pelo número de empregos na atividade. 2010-2018 2018
791 Empregos - Indústria de Trasformação É o número de empregos (postos de trabalho), no setor da indústria de trasformação, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 2010-2018 2018
792 Empregos - Comércio É o número de empregos (postos de trabalho), no setor do comércio, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 2010-2018 2018
793 Empregos - Serviços É o número de empregos (postos de trabalho), no setor do serviços, que corresponde ao total de vínculos empregatícios ativos, na data de referência. 2010-2018 2018
794 Gentílico são uma classe de palavras que designam um indivíduo de acordo com o seu local de nascimento ou residência 2015 2015
797 Homicídio Doloso Ato de matar alguém deliberadamente, ou seja, com intenção e vontade de fazê-lo. 2012-2017 2017
798 Percentual da População Atendida com Água Total de pessoas atendidas com água pela SANEAGO dividida pelo total da população urbana. 2005-2018 2018
799 Percentual da População Atendida com Esgoto Total de pessoas atendidas com esgoto pela SANEAGO dividida pelo total da população urbana. 2005-2018 2018
800 Taxa de Não Alfabetizados É o percentual das pessoas acima de 10 anos de idade que não foram alfabetizadas. 1991/2000/2010 2010
801 Número de Leitos por 1.000 Habitantes Número de leitos por mil habitantes. 2005-2019 2019
802 Taxa de Abandono no Ensino Fundamental - Total indica a porcentagem de alunos do ensino fundamental que deixaram de frequentar a escola após a data de referência do Censo. 2013-2018 2018
803 Taxa de Abandono no Ensino Fundamental - Estadual indica a porcentagem de alunos no ensino fundamental da rede estadual que deixaram de frequentar a escola após a data de referência do Censo. 2013-2018 2018
804 Taxa de Abandono no Ensino Médio - Total indica a porcentagem de alunos no ensino médio que deixaram de frequentar a escola após a data de referência do Censo. 2013-2018 2018
805 Taxa de Abandono no Ensino Médio - Estadual indica a porcentagem de alunos no ensino médio da rede estadual que deixaram de frequentar a escola após a data de referência do Censo. 2013-2018 2018
806 Taxa de Reprovação no Ensino Fundamental - Total indica a porcentagem de alunos no ensino funndamental que, ao final do ano letivo, não alcançaram os critérios mínimos para a conclusão da etapa na qual se encontrava 2013-2018 2018
807 Taxa de Reprovação no Ensino Fundamental - Estadual indica a porcentagem de alunos no ensino funndamental da rede estadual que, ao final do ano letivo, não alcançaram os critérios mínimos para a conclusão da etapa na qual se encontrava. 2013-2018 2018
808 Taxa de Reprovação no Ensino Médio - Total indica a porcentagem de alunos no ensino médio que, ao final do ano letivo, não alcançaram os critérios mínimos para a conclusão da etapa na qual se encontrava. 2013-2018 2018
809 Taxa de Reprovação no Ensino Médio - Estadual indica a porcentagem de alunos no ensino médio da rede estadual que, ao final do ano letivo, não alcançaram os critérios mínimos para a conclusão da etapa na qual se encontrava. 2013-2018 2018
810 Estabelecimentos de Ensino com Biblioteca - Total número de estabelecimentos de ensino que possuem biblioteca. 2013-2019 2019
811 Estabelecimentos de Ensino com Biblioteca - Estadual número de estabelecimentos de ensino da rede estadual que possuem biblioteca. 2013-2019 2019
812 Estabelecimentos de Ensino com Internet - Total número de estabelecimentos de ensino que possuem internet. 2013-2019 2019
813 Estabelecimentos de Ensino com Internet - Estadual número de estabelecimentos de ensino da rede estadual que possuem biblioteca. 2013-2019 2019
814 Estabelecimentos de Ensino com Laboratório de Ciências - Total número de estabelecimentos de ensino que possuem laboratório de ciências. 2013-2019 2019
815 Estabelecimentos de Ensino com Laboratório de Ciências - Estadual número de estabelecimentos de ensino da rede estadual que possuem laboratório de ciências. 2013-2019 2019
816 Estabelecimentos de Ensino com Laboratório de Informática - Total número de estabelecimentos de ensino que possuem laboratório de informática. 2013-2019 2019
817 Estabelecimentos de Ensino com Laboratório de Informática- Estadual número de estabelecimentos de ensino da rede estadual que possuem laboratório de informática. 2013-2019 2019
818 Estabelecimentos de Ensino com Quadra - Total número de estabelecimentos de ensino que possuem quadra. 2013-2019 2019
819 Estabelecimentos de Ensino com Quadra- Estadual número de estabelecimentos de ensino da rede estadual que possuem quadra. 2013-2019 2019
820 Estabelecimentos de Ensino com Quadra Coberta - Total número de estabelecimentos de ensino que possuem quadra coberta. 2013-2019 2019
821 Estabelecimentos de Ensino com Quadra Coberta- Estadual número de estabelecimentos de ensino da rede estadual que possuem quadra coberta. 2013-2019 2019
822 Percentual de Estabelecimentos de Ensino com Biblioteca Percentual de estabelecimentos de ensino da rede estadual com biblioteca. 2013-2019 2019
823 Percentual de Estabelecimentos de Ensino com Internet Percentual de estabelecimentos de ensino da rede estadual com internet. 2013-2019 2019
824 Percentual de Estabelecimentos de Ensino com Laboratório de Ciências Percentual de estabelecimentos de ensino da rede estadual com laboratório de ciências. 2013-2019 2019
825 Percentual de Estabelecimentos de Ensino com Laboratório de Informática Percentualde estabelecimentos de ensino da rede estadual com laboratório de informática. 2013-2019 2019
826 Percentual de Estabelecimentos de Ensino com Quadra Percentual de estabelecimentos de ensino da rede estadual com quadra. 2013-2019 2019
827 Percentual de Estabelecimentos de Ensino com Quadra Coberta Percentual de estabelecimentos de ensino da rede estadual com quadra coberta. 2013-2019 2019
828 Matriculados de 15 - 17 Anos na rede estadual Número de matriculados de 15-17 anos na rede estadual. 2013-2019 2019
829 Extração Vegetal - Pequi - Quantidade 2014-2018 2018
830 Extração Vegetal - Pequi - Valor 2014-2018 2018
831 Equilíbrio orçamentário do município 2012/2014/2016/2018 2018
832 Adequação dos professores do ensino fundamental 2012/2014/2016/2018 2018
833 Adequação dos professores do ensino médio 2012/2014/2016/2018 2018
834 População - Projeção - Total 2011-2020 2020
835 População - Projeção - Masculina - Total 2011-2020 2020
836 População - Projeção - Feminina - Total 2011-2020 2020
837 População - Projeção - 0 a 4 anos 2011-2020 2020
838 População - Projeção - 5 a 9 anos 2011-2020 2020
839 População - Projeção - 10 a 14 anos 2011-2020 2020
840 População - Projeção - 15 a 19 anos 2011-2020 2020
841 População - Projeção - 20 a 29 anos 2011-2020 2020
842 População - Projeção - 30 a 39 anos 2011-2020 2020
843 População - Projeção - 40 a 49 anos 2011-2020 2020
844 População - Projeção - 50 a 59 anos 2011-2020 2020
845 População - Projeção - 60 a 69 anos 2011-2020 2020
846 População - Projeção - 70 a 79 anos 2011-2020 2020
847 População - Projeção - 80 anos ou mais 2011-2018 2018
848 Leitos SUS Número total de leitos disponíveis ao SUS. 2005-2019 2019
849 Leitos não SUS Número total de leitos privados não disponíveis ao SUS. 2005-2019 2019
850 Leitos UTI Número de leitos de UTI disponíveis ao SUS. 2005-2019 2019
851 Nascidos Vivos (SINASC) Número total de nascidos vivos. 2000-2018 2018
852 Nascidos Vivos com 7 ou mais consultas pré-natal Quantidade de nascidos vivos cujas mães realizaram 7 ou mais consultas de pré natal. 2000-2018 2018
853 Óbitos por agressões Quantidade de óbitos causados por agressões/homicídios. 2000-2018 2018
854 Óbitos por acidente de transporte Quantidade de óbitos causados por acidentes de transporte. 2000-2018 2018
855 Óbitos por suicídios Quantidade de óbitos causados por suicídios. 2000-2018 2018
856 Óbitos infantis Quantidade de óbitos de menores de 1 ano de idade. 2000-2018 2018
857 População - Projeção - Masculina - 0 a 4 anos 2011-2020 2020
858 População - Projeção - Feminina - 0 a 4 anos 2011-2020 2020
859 População - Projeção - Masculina - 5 a 9 anos 2011-2020 2020
860 População - Projeção - Feminina - 5 a 9 anos 2011-2020 2020
861 População - Projeção - Masculina - 10 a 14 anos 2011-2020 2020
862 População - Projeção - Feminina - 10 a 14 anos 2011-2020 2020
863 População - Projeção - Masculina - 15 a 19 anos 2011-2020 2020
864 População - Projeção - Feminina - 15 a 19 anos 2011-2020 2020
865 População - Projeção - Masculina - 20 a 29 anos 2011-2020 2020
866 População - Projeção - Feminina - 20 a 29 anos 2011-2020 2020
867 População - Projeção - Masculina - 30 a 39 anos 2011-2020 2020
868 População - Projeção - Feminina - 30 a 39 anos 2011-2020 2020
869 População - Projeção - Masculina - 40 a 49 anos 2011-2020 2020
870 População - Projeção - Feminina - 40 a 49 anos 2011-2020 2020
871 População - Projeção - Masculina - 50 a 59 anos 2011-2020 2020
872 População - Projeção - Feminina - 50 a 59 anos 2011-2020 2020
873 População - Projeção - Masculina - 60 a 69 anos 2011-2020 2020
874 População - Projeção - Feminina - 60 a 69 anos 2011-2020 2020
875 População - Projeção - Masculina - 70 a 79 anos 2011-2020 2020
876 População - Projeção - Feminina - 70 a 79 anos 2011-2020 2020
877 População - Projeção - Masculina - 80 anos ou mais 2011-2020 2020
878 População - Projeção - Feminina - 80 anos ou mais 2011-2020 2020
879 Taxa de Fecundidade Total Número médio de filhos que uma mulher deverá ter ao terminar o período reprodutivo (15 a 49 anos de idade). 1991/2000/2010 2010